Premiê de Israel toma vacina “para dar exemplo e encorajar o povo”: Covid

Benjamin Netanyahu é vacinado contra Covid - Foto: reprodução / Twitter
Benjamin Netanyahu é vacinado contra Covid - Foto: reprodução / Twitter

O premiê de Israel, Benjamin Netanyahu, manteve a promessa. Aos 71 anos, ele foi um dos primeiros líderes do mundo a tomar a vacina contra Covid-19, para incentivar a população israelense a fazer o mesmo e não ter medo da imunização. (vídeo abaixo)

“Pedi para ser vacinado primeiro, junto do ministro da Saúde, Yuli Edelstein, para dar o exemplo e os encorajar a serem vacinados. Eu acredito nesta vacina”, afirmou nas redes sociais neste sábado, 19.

E Netanyahu foi gravado recebendo a dose da vacina da Pfizer e BioNTech, no Centro Médico Sheba, em Tel Aviv.

A segunda dose da vacina do premiê deverá ser administrada dentro de três semanas.

Netanyahu seguiu exemplo do vice-presidente norte-americano, Mike Pence, vacinado ao vivo na última sexta-feira.

Na próxima segunda-feira será a vez do presidente eleito, Joe Biden, receber a dose da vacina contra Covid.

Campanha nacional

A vacinação do premiê marca o início da campanha de vacinação na população israelense que deve começar a ser imunizada no próximo dia 27.

Ou seja, o governo de Israel se mobilizou e se organizou para que a população comece a receber a vacina logo após o Natal.

Ao ser vacinado, Benjamin Netanyahu citou passagens da Bíblia e parafraseou as primeiras palavras do astronauta Neil Armstrong ao chegar à lua, em 1969.

“Esta é uma pequena injeção para um homem, mas um grande passo para a saúde de todos nós. Que isso seja um sucesso. Saia e se vacine!”, pediu.

Com informações do Metrópoles