Jovem cria água em forma de bala para hidratar idosos com Alzheimer

Idosa feliz ao receber gotas de gelatina - Fotos: Jelly Drops
Idosa feliz ao receber gotas de gelatina - Fotos: Jelly Drops

Um jovem estudante de engenharia já recebeu dois prêmios por uma ideia inovadora, que estimula pessoas com Alzheimer e outros tipos de demência a tomarem água, já que muitas delas se esquecem de beber e ficam desidratadas, como aconteceu com a avó dele. Ela serviu de inspiração para criar a água no formato de balas, as chamadas Jelly Drops, water sweets – Gotas de Gelatina, doces de água, em tradução livre.

São cápsulas comestíveis coloridas, feitas à base de gelatina. Elas parecem doces, mas dentro têm a água que os idosos precisam beber… e agora fazem isso brincando.

O empreendedor Lewis Hornby, de 24 anos, teve a ideia ao visitar a avó, que foi hospitalizada justamente por desidratação.

Alguns casos de demência fazem com que as pessoas se esqueçam de como beber ou engolir, como aconteceu com a avó de Lewis. Os pacientes têm dificuldade para se comunicar e dizer estão com sede. E o pior: sintomas da demência mascaram os sintomas da desidratação.

“Pelas minhas observações, as pessoas com demência acham muito mais fácil comer do que beber. Mesmo assim, pode ser difícil envolvê-los e incentivá-los a comer. Descobri que a melhor maneira de superar isso é oferecer uma guloseima! Este formato [de bala] empolga as pessoas com demência, elas reconhecem instantaneamente e sabem como interagir com ele”, disse Lewis.

A ideia

Lewis teve a ideia inovadora das Gotas de Gelatina em 2018, depois de passar uma semana em um asilo para pacientes com demência e conversar com a equipe e os médicos.

Ele percebeu que a avó dele e outros pacientes gostavam de doces e criou uma maneira de esconder a hidratação dentro uma guloseima.

As Gotas de Gelatina brilhantes têm 90% de água e eletrólitos, são fáceis de usar e parecem deliciosas.

Ele experimentou a ideia com avó e foi um sucesso instantâneo.

“Quando ofereci pela primeira vez, a vovó comeu sete gotas de gelatina em 10 minutos, o equivalente a um copo cheio d’água, algo que normalmente levaria horas e exigiria muito mais assistência”, contou o jovem estudante.

Prêmios

As Jelly Drops ainda estão em fase de testes, mas já estão sendo notadas por algumas organizações influentes.

Lewis recebeu o prêmio Helen Hamlyn Snowdon por Deficiência e o prêmio DESIRE por impacto social da Dyson School of Design Engineering.

Em todo o mundo, mais de 50 milhões de pessoas sofrem de demência. Há quase 10 milhões de novos casos todos os anos. A doença de Alzheimer, a forma mais comum de demência, é responsável por quase 70% dos casos.

Veja a alegria dos idosos ao receberem as Gotas de Gelatina:

  

Com informações do Buzznicked e NutraIngredients