Já está em casa garoto que sofreu 10 infartos após Covid

2790
Arthur deixou o hospital - Foto: reprodução / TV Globo
Arthur deixou o hospital - Foto: reprodução / TV Globo

Após 30 dias de angústia, o garoto Arthur Nascimento dos Santos, de 9 anos, finalmente está em casa. Ele teve alta de um hospital da zona sul de São Paulo na última sexta, 12.

A mãe contou que o menino sofreu dez paradas cardíacas e quase perdeu as mãos e os pés.

“Ele teve dez paradas cardíacas. Em uma quarta-feira no hospital. Um dos primeiros diagnósticos do médico vascular foi que ele provavelmente ia perder os quatro membros, as duas mãozinhas e os dois pezinhos. No decorrer dos dias seguintes viram que estava tendo uma melhora”, afirmou Ellen Sousa, em entrevista à TV Globo.

Há pouco mais de um mês, quando o menino começou a sentir muita dor na barriga, os médicos suspeitaram de uma apendicite e fizeram uma cirurgia, mas nada foi encontrado. E ele não melhorava.

“Depois das dez paradas cardíacas, os médicos conseguiram reanimar ele. Meu filho teve trombose nos quatro membros, nas duas mãozinhas e nos dois pés. Hoje, o pé direito se encontra em um caso mais crítico, as mãozinhas dele já estão melhorando e o pé esquerdo também. O pé direito, a gente está em um tratamento para ver quais vão ser os próximos procedimentos. Ele teve um pequeno sangramento que causou uma úlcera também, precisou cicatrizá-la”, disse a mãe.

Síndrome pós-Covid

Só depois de teste sorológico os médicos descobriram que o Arthur tinha sido infectado pelo coronavírus e que estava com a síndrome pós-Covid.

Os parentes e os vizinhos começaram uma campanha nas redes sociais pedindo orações para o menino. Como é torcedor do Corinthians, ele começou a receber mensagens dos ídolos no hospital.

Mensagens

O caso comoveu o jogador Neymar, que gravou um vídeo para a família:

“Quem está falando aqui é o Neymar. Estou passando aqui pra falar que você é um guerreiro, torcendo aqui pela sua recuperação e que você possa alcançar todos os seus sonhos, tá? Beijo enorme, fica com Deus, beijão”, disse o jogador do PSG.

O elenco do Corinthians, time do coração do menino, também mandou presente.

Ele ganhou uma camiseta autografada pelo Fábio Santos, Mosquito, Casares e o técnico Xavier. “Pra mim foi muito gratificante”, disse Arthur.

A mãe do menino acredita que a corrente positiva ajudou na recuperação do Arthur.

Arthur com os pais - Foto: reprodução / TV Globo
Arthur com os pais – Foto: reprodução / TV Globo

Com informações do G1