Jovem pesquisadora autista do CE consegue bolsa de estudos em Harvard

Jaqueline é pesquisadora e conseguiu uma bolsa de estudo para Harvard. - Foto: arquivo pessoal
Jaqueline é pesquisadora e conseguiu uma bolsa de estudo para Harvard. - Foto: arquivo pessoal

Pesquisadora, artista plástica, cirurgiã-dentista. É nessa ordem que Jaqueline Nascimento, de 25 anos, gosta de se apresentar.

A jovem, que tem Síndrome de Asperger- uma forma leve de autismo – agora comemora a bolsa de estudos para Farmacologia, que conseguiu em Harvard, uma das universidades mais concorridas do mundo.

Cearense de Assaré, ela sempre foi uma menina prodígio. Agora está colhendo os bons frutos de toda determinação e esforço nos últimos anos.

Diagnóstico de Autismo

O diagnóstico da Síndrome de Asperger veio na infância.

Jaqueline sempre foi muito inteligente. Com apenas dois anos ela começou a falar claramente as primeiras palavras. Aos cinco, já fazia desenhos de máquinas que chamavam a atenção dela.

No entanto, ela tinha uma grande dificuldade para entender como as pessoas se relacionavam, se comunicavam e despertavam emoções umas nas outras.

E mesmo com essas dificuldades, a jovem conseguiu se formar em Odontologia aos 25 anos, primeiro do que todos os alunos da turma dela.

Bolsa em Harvard

Jaqueline conta que foi o interesse por pesquisas que melhorou a comunicação dela com as pessoas e a fez se sentir inserida socialmente.

Ela começou pesquisas nas áreas de Implantodontia, da Prótese Dentária e da Cirurgia. Os resultados chamaram tanto a atenção, que foram publicados em revistas e jornais científicos de impacto nacional e internacional.

Dessa forma, ela conseguiu colocar em prática os estudos que faz, para o bem-estar dos pacientes que atende na clínica, impactando a vida de outras pessoas de forma alegre e positiva.

Bolsa em Harvard

Foi também por causa desse conhecimento que Jaqueline resolveu se inscrever para a Harvard Medical School. Além da aprovação, ela também conseguiu a bolsa para realizar o curso a longa distância.

É sempre muito inspirador contar histórias de jovens que superaram as dificuldades e voaram alto!

Parabéns Jaqueline! Desejamos que Harvard seja engrandecedor para você!

Sabe outra jovem autista que nos inspirou há um tempo? A Larissa! Ela é médica e hoje coordena um hospital de campanha em Rondônia. Publicamos essa matéria aqui no Só Notícia Boa, confira aqui!

Larissa. - Foto: arquivo pessoal
Larissa. – Foto: arquivo pessoal
Larissa. - Foto: arquivo pessoal
Larissa. – Foto: arquivo pessoal

Com informações de News Cariri.