Projeto oferece apoio emocional gratuito para professores na pandemia

o projeto
o projeto "Apoio Emocional" faz atendimento em grupo e individual para os professores - Foto: Pixabay

“Apoio Emocional” aos professores, nesta pandemia. É o que faz o projeto criado pelas instituições Quero na Escola e Fundação SM.

A ideia é oferecer apoio psicológico gratuito para professores e tratar traumas como o luto de parentes e estudantes neste período.

“Estamos lidando com as perdas e com a insegurança, creio que toda a sociedade precisa ter empatia e não julgar os professores, que estão sendo muito massacrados neste momento, sofrendo diversas pressões, além de administrar questões próprias”, explicou Lia Gonsales, psicóloga voluntária no “Apoio Emocional”.

A primeira edição aconteceu em 2020 e chegou a atender 2 mil professores. A meta é superar esse número agora em 2021.

Atendimentos individuais e coletivos

Os psicólogos voluntários do projeto fazem atendimentos individuais e coletivos.

“Vivemos uma situação atípica neste momento, os professores sentem a angústia de não estar em sala de aula, de não acompanhar o desenvolvimento dos alunos, nem saber quais são as dificuldades de cada um”, alertou Lia Gonsales.

“Existe uma ideia errada de que o professor quer ficar em casa para não trabalhar, ao contrário, eles estão trabalhando três vezes mais, muitos usam os próprios celulares e computadores e levam pessoalmente atividades até a casa dos alunos”, completou.

Lia também comenta que há uma situação de vulnerabilidade muito mais aparente agora, por parte dos estudantes. Ela comenta que essa é uma das maiores preocupações dos professores hoje.

“Quando se está presente é possível ver se a criança tem alguma necessidade específica, se está precisando de uma blusa por exemplo, à distância já é mais difícil”, explica a psicóloga.

Para receber ajuda ou atuar como voluntário no projeto cadastra-se pelo site do “Apoio Emociona”, neste link.

Lia Gonsales - Foto: arquivo pessoal
Lia Gonsales – Foto: arquivo pessoal

Com informações de Quero Escola.