Marvel lança filme com 1º super-herói asiático e ator agradece. Assista!

911
Simu Liu estrela Shang-Chi e a Lenda dos Dez Aneis da Marvel Foto: Divulgação
Simu Liu estrela Shang-Chi e a Lenda dos Dez Aneis da Marvel Foto: Divulgação

A Marvel lançou o seu 1º filme com um super-herói asiático. O ator e protogonista chinês Simu Liu aproveitou o lançamento e escreveu um relato emocionante no Instagram.

Liu, de 32 anos, agradeceu à equipe do longa por criar um produto que “vai rodar o mundo”.

Shang-Chi e a Lenda dos Dez Anéis já está em cartaz nos cinemas. O filme mostra o personagem título lidando com fantasmas do seu passado e recuperando o treinamento em artes marciais e místicas que recebeu na infância.

Agradecimento

A Marvel mais inovou, depois de ter lançado o primeiro super-herói negro, T’Challa, o Rei da fictícia nação africana Wakanda, interpretado pelo ator já falecido Chadwick Boseman, imortalizado no filme Pantera Negra.

Por isso o agradecimento tem ainda mais valor e Liu sabe disso.

“O Sol nasceu hoje em um mundo onde super-heróis asiáticos existem e são os protagonistas de suas próprias histórias. Este é o presente que Destin Daniel Cretton [diretor de Shang-Chi] e o Marvel Studios deram a todos nós, de qualquer comunidade que sejamos, onde quer que estejamos”, escreveu ele.

“É uma celebração e um compartilhamento de cultura, linguagem, riso, excitação, pesar e tristeza”, complementou.

Elogiando o diretor Cretton, Liu comentou que ele “colocou mais de si mesmo neste filme do que qualquer um poderia imaginar”.

“Orgulho no lugar da vergonha”

O ator ainda citou seus colegas de elenco Awkwafina, Benedict Wong, Fala Chen, Meng’er Zhang, Michelle Yeoh, Ronny Chieng, Florian Munteanu, Ben Kingsley e Tony Leung, agradecendo-os por dar espaço a ele, “um completo novato”, no filme.

“Obrigado pela paciência e generosidade. Vocês estão magníficos em Shang-Chi”, completou.

“Eu já disse antes que este filme vai mudar o mundo. Vai colocar um sorriso onde antes não havia. Orgulho no lugar de vergonha. Compaixão onde havia ignorância. Se conseguirmos tocar pelo menos uma pessoa, nossas vidas já serão melhores do que antes”, refletiu.

“Obrigado a todos pelo apoio. Hoje, finalmente, fazemos história”.

Veja o trailer

Com informaçoes do Omelete