Desenho inédito de Van Gogh é exposto em Amsterdã pela 1ª vez

643
Quadro inédito de Van Gogh entra para exposição após 100 anos - Foto: AFP
Quadro inédito de Van Gogh entra para exposição após 100 anos - Foto: AFP

Um quadro inédito de Van Gogh, guardado por mais de 100 anos em um acervo familiar, entrou em exibição no museu em homenagem ao artista nesta quinta-feira, 16.

A obra, que mostra um trabalhador em uma cadeira com as mãos no rosto, pertence à coleção privada de uma família holandesa. Segundo pesquisadores do museu, ela tem “valor incalculável” e nunca foi vista publicamente.

Intitulada de “Study for ‘Worn Out’” (“Estudo para Desgastado”, em português), foi pintada em 1882, quando o pintor ainda iniciava na arte.

Van Gogh foi um pintor pós-impressionista holandês, considerado um dos nomes mais importantes da história da arte. Apesar da carreira curta – morreu aos 37 anos, em 1890 – o artista assinou mais de 700 obras.

Exposição única

O anúncio da descoberta de uma nova arte, movimentou o museu e os fãs do artista.

A notícia foi dada em uma conferência de imprensa realizada pelo Museu Van Gogh.

“É muito raro um novo trabalho ser atribuído a Van Gogh”, disse a diretora da instituição, Emilie Gordenker, em um comunicado. “Estamos orgulhosos de poder compartilhar este desenho inicial e sua história com nossos visitantes.”

Antes de ir para o museu, a obra foi estudada por pesquisadores, que confirmaram ser um desenho do artista através dos traços e do modelo utilizado.

Segundo eles, Adrianus Jacobus Zuyderland era o nome do homem presente no quadro.

Adrianus foi um trabalhador local e era o tema favorito de Van Gogh. De acordo com registros, o artista o desenhou mais de 40 vezes, sendo possível confirmar em obras como “No portão da eternidade” e “Velho triste”, ambos de 1882.

O novo quadro ficará exposto no museu até 2 de janeiro de 2022.

Quadro ficará exposto até 2022 - Foto: AFP
Quadro ficará exposto até 2022 – Foto: AFP

Com informações de Estado de Minas e Artnet news