Brasileiro estreia como colorista de quadrinhos da Marvel

601
O colorista brasileiro Dijjo Lima, que já deu cores a quadrinhos de produtoras como Lego e Titan Comics, agora assinará coleção da Marvel - Foto: arquivo pessoal
O colorista brasileiro Dijjo Lima, que já deu cores a quadrinhos de produtoras como Lego e Titan Comics, agora assinará coleção da Marvel - Foto: arquivo pessoal

O colorista Dijjo Lima ganhou uma oportunidade e tanto! O brasileiro vai assumir o posto e a responsabilidade de dar cor para personagens em quadrinhos da Marvel, agora em novembro.

O cearense de Maracanaú vai assinar a coleção “Marvel’s Voices”, que homenageia artistas e heróis de origem latina.

Dijjo já trilha o mercado internacional há oito anos e produziu aventuras para Lego, Hasbro, Titan Comics, Dynamite, Image, entre outras editoras.

Marvel’s Voices

A coleção Marvel’s Voices será lançada no dia 10 de novembro e homenageia personagens latinos da Casa das Ideias.

Alguns talentos da América Latina foram convidados pela Marvel para dar cores e vozes a alguns personagens, como Homem-Aranha, Motoqueiro Fantasma e Tigre Branco.

Dijjo ficou responsável pelas aventuras de “Nina a Conjuradora” e “America Chavez”.  “Fico feliz em levar para o mundo estas cores”, detalha o artista.

Além do cearense, outros dois brasileiros vão trabalhar na série: os desenhistas Wilton Santos e Adriana Melo.

Para Dijjo, o convite também se torna um grande incentivo para que o exemplo dele ajude jovens cearenses a viver da arte gráfica. A missão é inspirar e provar ser possível atuar na área, independente das fronteiras.

Amor pelos quadrinhos

Dijjo ama quadrinhos desde pequeno. Ele conta que quando era criança, aproveitava os intervalos das aulas para rabiscar alguns desenhos.

Já adulto teve que trabalhar em outras áreas até ter a primeira oportunidade na arte. Foi quando ele começou a focar no mercado nacional e internacional.

A primeira contribuição para o mercado americano veio com a ícone Vampirella (de Forrest J Ackerman e Trina Robbins). Após assinar as cores de Powers Rangers (Hasbro), realizou HQs da franquia Lego, licenciada tanto para DC (Batman) como Marvel (Vingadores).

Pela inglesa Titan Comics, veio artes para “Doctor Who” e “Assassins Creed Origins”. Em 2018, pelo projeto realizado na série “Torchwood”, Dijjo foi eleito entre os cinco melhores coloristas do mundo no prêmio Ringo Awards.

“É muito gratificante repassar essa sensação para os leitores. Faz com que cada página seja uma aventura que leva o leitor para um mundo imaginário e único”, conta Dijjo.

Ele tem projeto de criar projetos para crianças carentes. “Sempre tem quem goste de quadrinhos”, defende.

Do local onde cria texturas e alquimias visuais, o cearense também escreve uma trajetória de incentivo. “Quadrinho é vida. Pode mudar financeira e profissionalmente muito jovens. Eu não trabalho, me divirto”, concluiu.

Nina, a Conjuradora - Foto: reprodução
Nina, a Conjuradora – Foto: reprodução
America Chávez - Foto: reprodução
America Chávez – Foto: reprodução

Com informações de Diário do Nordeste