França proíbe show de animais e venda de cães e gatos em lojas

-
Por Andréa Fassina
Compartilhar
Imagem de capa para França proíbe show de animais e venda de cães e gatos em lojas
A lei que proíbe animais em espetáculos e a venda de cães e gatos em lojas será implantada gradativamete Foto: PXhere

A França aprovou a proibição em definitivo de shows com animais selvangens e a venda de cães e gatos em lojas.

O parlamento do país aprovou um projeto de lei com uma série de medidas a favor dos direitos dos animais selvagens e não selvagens e contra os maus tratos, com uma maioria de 332 parlamentares a favor, contra 1 contra e 10 abstenções,

Também serão aumentadas as penas máximas para os maus tratos aos animais, que passarão a cinco anos de prisão e multas de até 75 mil euros, cerca de 500 mil reais.

A lei inclui a proibição de usar animais selvagens em espetáculos de circo e manter animais selvagens em aquários em parques aquáticos. Fazendas de visons também serão proibidas e a venda de cachorros e gatos em lojas não será mais permitida.

Penas 

A lei entrará em vigor gradativamente a partir de 1 de janeiro de 2024 para a suspensão da venda de cachorros de cães e gatos em lojas.

E até 1 de janeiro de 2028, o fim da utilização de animais selvagens em circos e espetáculos aquáticos, onde atualmente também leva mais tempo para definir para onde mover esses animais a fim de garantir uma vida decente

A nova lei também pensou em um maior combate à venda de animais online, com a criação de novos órgãos que visam controlar e coibir o tráfico ilegal de espécies protegidas, selvagens e perigosas e bloquear sua compra.

Uma lei que representa um passo à frente no respeito e proteção de todos os animais!

Com informações do Pozitizie