1º ninho com ovos de dinossauro no Brasil é encontrado em MG

-
Por Monique de Carvalho
Compartilhar
Imagem de capa para 1º ninho com ovos de dinossauro no Brasil é encontrado em MG
O 1º ninho de dinossauro encontrado no Brasil está sendo analisado em Uberaba - Foto: arquivo pessoal

Um ninho com 20 ovos de dinossauro foi encontrado por pesquisadores brasileiros em Uberaba, na Região do Triângulo Mineiro. Segundo o geólogo Luiz Carlos Ribeiro, da UFTM, o material foi localizado em uma pedreira no bairro rural de Ponte Alta, onde funcionava uma mineradora.

“Acreditamos que essa seja apenas a ponta do iceberg, já que, se continuarmos a escavação, poderemos ter mais descobertas incríveis”, afirmou ele, sobre a novidade publicada na última semana. Ribeiro acredita que pode haver embriões em alguns dos ovos. “É um achado muito importante”, afirmou.

A pesquisa foi publicada na revista internacional Scientific Reports, do Grupo Nature.

Terra dos dinossauros

A cidade de Uberaba já é conhecida internacionalmente como a “terra dos dinossauros” aqui no Brasil, mas dessa vez, a descoberta foi inédita.

Segundo a nota divulgada pela Universidade Federal do Triângulo Mineiro (UFTM), desde o início das pesquisas paleontológicas até agora só haviam sido recuperados alguns ovos isolados. A região, inclusive, foi reconhecida como o primeiro sítio de nidificação de dinossauros encontrado no Brasil.

Espécie encontrada

Os pesquisadores analisaram as cascas e as associações de ovos, de aproximadamente 12 centímetros de diâmetro.

Tudo o que foi encontrado, pôde ser comparado a fósseis de outros locais do mundo, principalmente da Argentina.

Assim, foi possível identificar que os dinos que botaram esses ovos pertencem ao grupo dos titanossauros.

Geoparque

Com a descoberta do ninho, a cidade quer implantar um geoparque que terá os dinossauros como a principal temática. O projeto será o primeiro de Minas – no Brasil, há três geoparques.

Segundo Luiz Carlos Borges a ideia é criar um pacote turístico a partir do geoparque, que terá outros atrativos, como o Memorial Chico Xavier.

“São vários pontos de visitação. Tem a Casa de Chico Xavier, o memorial, museu de arte sacra e geossítio Santa Rita, onde achamos um fóssil de dinossauro no centro da cidade e contamos a idade da rocha (em que o material foi encontrado)”, explica.

“Uberaba também está sendo povoada com várias réplicas de dinossauros. E agora o céu é o limite: temos sítios e sítios para serem explorados, e acho que nem 1% do potencial que temos já foi descoberto”, detalhou o especialista.

Segundo ele, o município é tão rico em fósseis, principalmente de dinossauros, que é considerado um grande sítio paleontológico. “Tivemos que criar uma normativa e legislação para conservação do patrimônio fóssil. Nem uma obra que escava rocha é feita sem acompanhamento paleontológico”.

Apenas no centro de pesquisas, há rochas com dez toneladas, que, segundo estimativas, podem conter mais de mil fósseis. “Ainda nem sabemos bem o que teremos em mãos”, concluiu.Dinoss

Pesquisador analisa ovos encontrados - Foto: Arquivo pessoal

Pesquisador analisa ovos encontrados – Foto: Arquivo pessoal

Com informações de Correio Braziliense