Menina aprende a tocar sanfona aos 6 anos inspirada em Luiz Gonzaga

-
Por Jéssica Souza
Compartilhar
Imagem de capa para Menina aprende a tocar sanfona aos 6 anos inspirada em Luiz Gonzaga
Pai e mãe se dobram para garantir as aulas da Maria Clara e recentemente conseguiram comprar o instrumento. Fotos: Arquivo Pessoal

Que lindeza de menina! A pequena Maria Clara, hoje com 8 anos, aprendeu a tocar sanfona com apenas 6 anos. A inspiração dela foi a história de Luiz Gonzaga e o amor que o pai, Laerte Pereira, pelo cantor.

Hoje Maria faz algumas apresentações musicais em São João do Piauí, onde vive, e deixa todo mundo encantado.

“O pai dela resolveu fazer um curso em 2019 e levou ela no primeiro dia de aula só pra ver como era. Lá o professor percebeu a curiosidade e perguntou se ela queria pegar no instrumento, e ela disse que sim, ele explicou as notas do ‘Parabéns’ e ela tocou. Ali percebeu que ela tinha jeito com o instrumento”, disse a mãe Maurícia da Silva.

De Pai para Filha

O amor de Laerte por Luiz Gonzaga começou quando ele ainda era pequenininho. Na época, os tios ouviam muito as músicas do “Rei do Baião” em um radinho de pilha e ele ficou encantado com o som.

E foi o mesmo encanto que teve quando pequeno, que contagiou Maria Clara, muitos anos depois! A menina cresceu ouvindo histórias e músicas de Luiz Gonzaga. Não tinha como não se apaixonar!

“A gente em casa tinha um rádio a pilha, e aqui nós temos uma emissora de rádio que sempre tocou na parte da tarde os forrós de Luiz Gonzaga. E lá com meus tios, eles sempre colocaram, e eu ouvia. E aí eu sempre ouvindo aquelas músicas, fui incentivando a Maria Clara. Eu sempre gostei do forró, e passei isso pra ela” contou o pai.

Inclusive, o filho mais novo do casal, de apenas 2 aninhos, também já escuta o Rei do Baião e adora uma sanfona.

“Quando a gente pergunta como a Maria Clara toca, ele já leva o ritmo dos dedos na barriga. E eu creio que ele também vai levar jeito pra música”.

Sonho da filha

Pai e mãe se dobram para garantir as aulas da Maria Clara e recentemente conseguiram comprar uma sanfona para ela.

O período mais complicado para Maria Clara foi durante a pandemia, quando ficou seis meses sem praticar, e como na época não tinha o instrumento, acabou esquecendo as notas e teve que aprender tudo novamente.

“Tudo isso requer tempo, a gente às vezes tem que abrir mão da vida da gente pra realizar o sonho dela, mas ver nossa filha fazendo o que gosta é maravilhoso”.

Dom com a sanfona

O professor de música da Maria Clara, Jonas Rodrigues, contou que a paixão dela pelo instrumento a ajudou demais no processo de aprendizagem.

Ele informou ainda que ela tem um ouvido apurado, e que por isso consegue tocar músicas logo na primeira tentativa, e ao longo das aulas vai aperfeiçoando.

“A Maria Clara vai porque gosta e tem interesse, então fica mais fácil para aprender. Ela gostar do instrumento e isso facilita demais. Qualquer música que passar pra ela, ela já pega de primeira”, explicou o professor.

Acho que temos uma estrela da música nordestina nascendo aí!

Maria Clara e a sanfona - Foto: arquivo pessoal

Maria Clara e a sanfona – Foto: arquivo pessoal

Com informações de Canal 121