Vida: às vezes é preciso derrubar pontes…

5340
ponte
ponte

Às vezes é preciso derrubar pontes

Entre as muitas histórias e lendas sobre o imperador francês Napoleão Bonaparte, tem uma que é um ótimo tema para reflexão.

Conta-se que em uma das muitas batalhas travadas por ele, na ambição desenfreada de conquistar o mundo, seus soldados tinham que atravessar uma ponte para enfrentar o exército inimigo.

Durante vários dias, Napoleão mandou os melhores soldados à frente do batalhão, mas eles eram capturados e mortos pelo exército contrário, o que fazia com que o resto da tropa recuasse atravessando a ponte.

Cansado de ver seu exército sendo abatido e não querendo enfrentar uma derrota, Napoleão decidiu ir à frente do batalhão, e, assim que atravessaram a ponte, mandou que ela fosse derrubada.  Não tendo como voltar, os soldados avançaram e acabaram ganhando a batalha.

Assim é a vida: quantas vezes nos sentimos ligados por uma espécie e ponte a situações que nos impedem de tomar novos rumos, buscar novos objetivos.

Chegamos até a tentar, mas, mal atravessamos, voltamos, sem matar a vontade de saber o que está do outro lado.

Assim nos acomodamos e nos tornamos pessoas frustradas, amargas e infelizes.

Como tudo na vida, esta é também uma questão de atitude. Não basta somente a vontade de mudar, buscar novos caminhos. É preciso atitude. Seguir à frente dos exércitos de medos, preconceitos, orgulho e atravessar a ponte, dando oportunidade para descobrir, conhecer e desfrutar do novo.

Da mesma forma como é importante construir pontes, estabelecendo novas conexões, muitas vezes é preciso destruí-las para poder seguir em frente e ganhar novas batalhas. Pense nisso!

Luisa Borges