Suíça comemora descobrimento com fogos e salsicha

666
Foto: Reprodução|||
Foto: Reprodução|||

Por Ninna Crot, de Savigny, Suíça, para o SoNotíciaBoa.

O primeiro de agosto é o dia nacional suíço, dia do descobrimento do país. O povo suíço festeja com fogueiras, assa salsichas na brasa e solta foguetes.

Lembra um pouco as festas juninas e o ano novo no Brasil.

A beira dos lagos de todas os estados e vilas fica repleta de pessoas que vão festejar e ver a queima de fogos.

A festa reúne uma multidão de espectadores à espera de fogos de artifício. Como em outros lugares há discursos, canto, música e o hino nacional.

Histórico

A festa é realizada desde 1891.

A data foi determinada por um dos primeiros tratados assinados entre os estados: Uri, Schwyz e Unterwald que constituíram o núcleo em torno do qual a Suíça se formou ao longo de 5 séculos.

Três Homens, Walter Furst ,Verner Staufarher, Arnold de Mechtal, destes três estados, concluíram no começo do mês de agosto de 1291 uma aliança perpétua com a qual eles se comprometeram solenemente ajuda e assistência mútua.

Este pacto devia antes de tudo convencer os Habsbourg a tentar reforçar constantemente a influência na zona de acesso, no desfiladeiro de Gothard.

O primeiro de agosto é festejado unicamente nos estados e somente um discurso no rádio e na televisão do presidente atual da confederação rompe o sagrado princípio federal.

Palavras de reflexão de um orador iminente, ou de uma oradora do meio cultural ou político, canto e música, representações de ginástica e interpretações do hino nacional suíço são os elementos tradicionais da festa.

As cidades organizam fogos de alegria. Acendidos sobre as montanhas e colinas, lembram a expulsão dos oficiais de justiça estrangeiros no século XIV. E que foi de fato anunciada desta forma.

As crianças passeiam nas ruas escuras com lampiões e lanternas de papel, iluminadas com velas.

festasuica2
As bandeiras de estado e das cidades flutuam sob os edifícios públicos e privados. Até os padeiros fazem um pequeno pão, no qual espetam uma pequena bandeira suíça.
Uma cerimônia representativa acontece no Grütli, na beira do lago “Quatre-cantons” no estado de Uri, um lugar legendário do juramento mencionado acima.
Subindo o caminho da Grütli, na beira do lago "Quatre-cantons" no estado de Uri/Foto: Ninna Crot
Subindo o caminho da Grütli, na beira do lago “Quatre-cantons” no estado de Uri/Foto: Ninna Crot
A festa ganha importância particular nas quedas d’agua do Rhin Neuhausen am Rheinfall no estado de Schaffhouse.
Desde 1966, as quedas d’agua, com altura de 25 metros, são iluminadas para esta ocasião.
quedas d'agua do Rhin Neuhausen am Rheinfall no estado de Schaffhouse.
quedas d’agua do Rhin Neuhausen am Rheinfall no estado de Schaffhouse.
Da redação do SóNotíciaBoa