Leilão de cadeados do amor rende R$ 900 mil a refugiados

Foto: AFP|
Foto: AFP|

Os cadeados do amor, presos na famosa Pont Des Arts, em Paris, estão escrevendo agora histórias de solidariedade.

Eles estão sendo vendidos para arrecadar dinheiro para refugiados que vivem na França.

O leilão dos “love locks” levantou mais de US $ 273.000 no último fim de semana – mais de R$ 900 mil.

O dinheiro será destinado a três organizações que acolhem e o acompanham os refugiados em Paris: Solipam, Exército da Salvação e Emmaüs Solidarité.

O leilão foi no Crédit Municipal de Paris. Teve a participação de 400 inscritos e pôde ser acompanhado pela internet na página Interencheres.

Os cadeados foram divididos em 165 lotes, contou o responsável pelo leilão, Olivier Collin du Bocage.

História

Amantes do mundo inteiro iam tradicionalmente à Pont Des Arts, perto do Louvre, colocar seus cadeados na grade da ponte e jogavam as chaves no rio Sena. Para alguns era como uma simpatia para unir o casal e fazer a relação durar para sempre.

Mas com os anos a ponte foi acumulando mais e mais fechaduras e parte da grade desmoronou do peso em 2014.

Funcionários parisienses começaram então a remover os cadeados para manter a estrutura da ponte em 2015.

Painéis de vidro acrílico foram instalados na frente da grade para evitar que mais cadeados fossem colocados.

As pessoas que participaram do leilão gostaram da ideia de contribuir para uma boa causa, ao mesmo tempo em que levaram para casa “um pedaço de Paris”.

Cadeados do amor presos à ponte próxima à Catedral de Notre Dame Cathedral - Foto: AFP
Cadeados do amor presos à ponte próxima à Catedral de Notre Dame Cathedral – Foto: AFP

Com informações da AFP E GNN