Alunas criam canudo que detecta “boa noite cinderela”

Foto: reprodução / Inside Edtion|
Foto: reprodução / Inside Edtion|

Estudantes do ensino médio criaram um canudo que pode ajudar a previnir casos de estupro.

O produto é capaz de identificar a existência de drogas em um copo de bebida, um golpe conhecido “boa noite cinderela”.

Na prática, o canudo muda de cor e atinge um azul intenso quando entra em contato com três tipos de drogas muito comuns: anfetaminas, soníferos e anestésicos.

“Sabemos que não é uma solução definitiva, porque não acaba de vez com o estupro. Porém, esperamos contribuir para diminuir a incidência de casos de violência sexual e de outras situações perigosas provocadas pelo contato com as drogas”, disse a estudante Carolina Baigorri ao Inside Edition.

Ela e outras duas colegas da Flórida, EUA – Victoria Roca e Susana Cappello – são as responsáveis pela criação.

As jovens, da Gulliver Preparatory School, disseram que tiveram a ideia após notarem que ameaças do tipo crescem muito nesta fase.

“Sendo uma jovem mulher, sinto que esse é um problema que escutamos muito, especialmente quando entramos no ensino médio”, afirmou Baigorri.

canudo-2

O próximo passo das garotas é concluir a patente e dar início à fabricação em larga escala do canudo.

Elas pretendem lançar uma campanha online de financiamento coletivo.

Assista a reportagem do Inside Edition:

Com informações da MarieClaire e InsideEdition