Jovem autista aprovado no Sisu vai fazer Ciência da Computação

Kennedy Eduardo - Foto: reprodução / SESI NacionalKennedy Eduardo - Foto: reprodução / SESI Nacional

O jovem Kennedy Eduardo, de 17 anos, foi aprovado no Sisu – Sistema de Seleção Unificada – e será o novo aluno de Ciência da Computação na Universidade Federal Rural do Semi-Árido, Ufersa.

Aluno da unidade SESI Escola do Rio Grande do Norte, ele recebeu o diagnóstico tardio de Transtorno do Espectro Austista – TEA – no final da 1ª série do ensino médio, em 2017. Mas isso nunca foi um impeditivo.

Discreto, educado e com uma inteligência notória, Kennedy Eduardo sempre se destacou nas aulas de raciocínio lógico, Matemática e Física.

Desde cedo, ele mostrava habilidades em montagem e programação nas aulas de robótica.

Isso o levou a participar da seleção de equipes de robótica do SESI Escola Mossoró, no Rio Grande do Norte.

Kennedy ganhou prêmios na temporada 2017/2018 e na Olimpíada Brasileira de Robótica.

Além disso, fez parte do time de xadrez e do curso técnico de informática no programa EBEP – Educação Básica e Educação Profissional.

Agora o jovem brasileiro dá um golpe no preconceito e se prepara para realizar o sonho de estudar Ciência da Computação.

Com informações do SesiNacional

Espalhe notícia boa nas suas redes sociais. Siga o SNB no Facebook, TwitterInstagram e Youtube

O conteúdo do SóNotíciaBoa é protegido. Você pode reproduzi-lo, desde que insira créditos COM O LINK para o conteúdo original e não faça uso comercial de nossa produção.