Canal que ensina a tratar pessoas com Alzheimer com carinho bate 120 mil

Cláudia e dona Francisquinha - Foto: reprodução / Youtube
Cláudia e dona Francisquinha - Foto: reprodução / Youtube

O canal brasileiro da vovó Francisquinha, que ensina como tratar doentes de Alzheimer com carinho, bom humor e um com olhar mais afetuoso, bateu mais de 120 mil seguidores no Youtube.

O canal foi criado pela filha de dona Francisquinha, Cláudia Alves, que descobriu a doença da mãe em 2012, quando ela tinha 83 anos. Nos vídeos, as duas interagem, contam histórias, mostram o dia a dia, riem, se divertem… e as risadas de dona Francisquinha aquecem o coração da gente.

Cláudia contou em entrevista ao SóNotíciaBoa que as duas vêm ajudando famílias do Brasil e do exterior a conhecerem e aceitarem a doença que, “apesar de ser incurável e degenerativa, trás um chamado ao amor, à resiliência e à paciência, já que com esses ingredientes, o resultado dos cuidados é bem mais positivo”, afirma.

Um dos vídeos, que ensina os primeiros sinais do Alzheimer, já teve quase 1 milhão de visualizações.

História

Preocupada com o diagnóstico da mãe, Cláudia procurou sobre o assunto nas redes sociais e descobriu o sofrimento das famílias de pessoas com Alzheimer e que elas tinham pouca compreensão sobre os comportamentos dos doentes.

Foi aí que decidiu cuidar da mãe de forma diferente, com carinho, para conseguir resultados diferentes no tratamento de dona Francisquinha.

A ideia deu certo e Cláudia criou no Youtube o canal “Francisquinha Alves o bom do Alzheimer” para mostrar aos familiares de pacientes exemplos de como ter um dia a dia mais leve e com amor dentro de casa.

Diva

O canal transformou dona Francisquinha em uma espécie de diva e mostra a vovó sempre bem vestida, estilosa, ativa e carismática, apesar da doença degenerativa.

Cláudia exibe “diariamente vídeos, com duração entre 8 a 15 minutos, sobre convivência com a mãe”.

Cannabidiol

Além do tratamento humanizado, a filha conta que dona Francisquinha vem melhorando depois que passou a fazer tratamento com Cannabidiol, a chamada maconha medicinal.

“Ela faz uso de Cannabidiol, desde que eu vi um vídeo do “Curando Ivo” – mostrado em 2019 aqui no SóNotíciaBoa – e já se nota melhora na cognição, no sono, no apetite, no humor, até mesmo na forma dela se expressar”, comemorou.

Amor

Diariamente mãe e filha mostram aos seus seguidores que com amor, a convivência com a doença do século pode ser melhorada.

O canal de dona Francisquinha conquistou a placa de prata do Youtube no final do ano passado.

Lá, Cláudia recebe todo dia dezenas de mensagens com agradecimentos, por compartilhar a convivência com a mãe.

Os seguidores dizem “que os vídeos têm contribuindo com a compreensão da doença e mostrado formas de convivência menos desgastantes, para o doente e para o cuidador’, concluiu.

Assista a um dos vídeos do canal:

Por Rinaldo de Oliveira, da redação do SóNotíciaBoa

Espalhe notícia boa nas suas redes sociais. Siga o SNB no: