Thalyson vai doar medula para irmão de 17 anos com leucemia

2638
Marck e Thalyson - Fotos: arquivo pessoal|Festa no hospital - Fotos: arquivo pessoal|
Marck e Thalyson - Fotos: arquivo pessoal|Festa no hospital - Fotos: arquivo pessoal|

Lembra dos irmãos Thalyson e do Marckennedy? A história deles viralizou no ano passado depois de um vídeo emocionante no qual Thalyson aparece raspando os cabelos pra pedir doação de medula para Marckennedy, que sofre de leucemia. (reveja abaixo)

A notícia boa é que Thalyson, de 23 anos, será o doador de medula, na espera de curar o irmão, de 17 anos.

Ele explicou nesta sexta, 13, ao SóNotíciaBoa,  que é 50% compatível, mas que tem grande chance de o transplante dar certo porque a possibilidade de rejeição diminui pelo fato de serem irmãos de sangue.

“Apareceram [há pouco tempo] dois doadores 100% compatíveis, só que ele [Marckennedy] não pode mais esperar para fazer o transplante. Os exames desses doadores ficariam prontos daqui a três meses e … tem um risco muito grande de, ou a doença voltar, ou pegar uma infecção por conta da imunidade baixa… Por isso optaram em fazer comigo mesmo, 50% compatível”, contou.

O transplante

Marckennedy está internado no Hospital das Clínicas de Goiânia.

Ele e o irmão vão no próximo dia 25 para o Hospital de Base de São José do Rio Preto, no interior de São Paulo, onde o transplante será feito.

A data do procedimento não foi informada.

“Tem um código de segurança do hospital e eles não passam informações. A única coisa que eles passaram pra gente foi que nos internamos no dia 25 de março. Só saberemos [a data do transplante] quando chegarmos lá”, disse.

A doença

O pai dos jovens, o empresário Marckennedy Rodrigues da Silva, conta que Marckennedy descobriu a doença depois que o jovem se sentiu mal, em setembro do ano passado.

“Ele foi ao posto de saúde achando que era dengue, mas já ficou lá internado. Foi um susto muito grande”, lembra.

De lá pra cá a família se desdobra para salvar a vida do filho.

Amor

O amor e o carinho entre os dois irmãos é de aquecer o coração de qualquer um.

Perguntamos ao Thalyson o que ele sente em poder ajudar o irmão. Ele respondeu:

“É bom saber que posso fazer parte de um dos maiores milagres que talvez eu veja na minha existência, que é a cura do meu irmão”, concluiu o estudante.

Assista ao vídeo que os jovens fizeram em 2019 para incentivar a doação de medula:

Por Rinaldo de Oliveira, da redação do SóNotíciaBoa

Espalhe notícia boa nas suas redes sociais. Siga o SNB no: