Empresa quer doar 5 mil máscaras e procura instituição que precise

Máscara da KOS - Foto: reprodução / Instagram
Máscara da KOS - Foto: reprodução / Instagram

Conhece alguma instituição que está precisando de máscaras? A marca de roupas para profissionais da saúde KOS vai doar 5 mil.

“Mas se houver necessidade, podemos aumentar esse número”, informou a KOS em nota enviada ao SóNotíciaBoa.

Durante a pandemia a empresa trabalhou para produzir EPIs básicos para esse público. E agora, a marca está promovendo doações de peças, incluindo máscaras.

Marca brasileira foi a primeira a desenvolver vestuário com tecnologia antiviral para profissionais de saúde.

A linha de jaleco, scrubs, máscaras e camisetas, foi desenvolvida para beneficiar quase 2 milhões de profissionais da saúde. A tecnologia elimina seis vírus, incluindo o SARS-COV-2, a partir de 2 minutos.

“A tecnologia antiviral aplicada nos produtos da Kos garante a inativação e destruição de mais de 99% dos vírus em até 2 minutos, e 100% em até 10 minutos para influenza H1N1, H3N2, H5N1, H7N9, vírus sincicial respiratório (RSV) e Coronavírus Humano (229E)”, informou a empresa.

O motivo?

“Foi um pilar da empresa destinar parte da produção para doações”… já foram doadas  “para algumas, como o Instituto Pró Vida (2.000 máscaras) e associação Peter Pan (5.000 máscaras)”, disse a nota.

Com sede administrativa em São Paulo, a empresa mantém uma estrutura de produção e armazenagem em Brusque (SC), e opera por meio de 70 parceiros de produção que possuem capacidade para produzir 100 mil peças por semana.

A doação

Para conseguir a doação das máscaras, que são estão no e-commerce da KOS, mande o pedido por e-mail para a agência que trabalha com eles e organiza os donativos: cinthia.curado@pipah.com.br

“Entregamos no endereço da instituição”, informou a agência.

Por Rinaldo de Oliveira, da redação do SóNotíciaBoa