Descoberta molécula que impede metástase do câncer de pele

2592
Foto: reprodução Pozitizie
Foto: reprodução Pozitizie

Cientistas do Departamento de Oncologia Experimental do Instituto Europeu de Oncologia, em Milão, Itália, descobriram uma molécula de RNA capaz de bloquear o avanço de câncer de pele.

Pesquisadores do IEO, liderados por Luisa Lanfrancone e Pier Giuseppe Pelicci, conseguiram demonstrar o papel da molécula de RNA na disseminação metastática do melanoma, um dos mais agressivos tipos de câncer.

Esta molécula de RNA chamada TINCR é capaz de limitar a capacidade das células de melanoma de desenvolver resistência a medicamentos a novas terapias e de formar metástases.

Os resultados do estudo promissor foram publicados na revista científica Embo Reports.

Estudo

Os pesquisadores descobriram que existem dois tipos de células nos melanomas, proliferativas e invasivas. Nos melanomas em estágio inicial, predominam as células em proliferação.

À medida que o melanoma cresce, algumas células em proliferação tornam-se invasivas, destacam-se do tumor e migram para tecidos distantes.

“Descobrimos que, no melanoma em estágio inicial, aquele em que se reproduzem, mas não formam metástases, é mantido por um RNA não codificador longo específico, denominado TINCR”, explicou Marine Melixetian, uma das autoras do estudo.

Terapias preventivas

“Agora estamos trabalhando ativamente para transformar essa descoberta em um benefício para os pacientes. Estamos seguindo duas direções.

Queremos primeiro entender se os níveis de TINCR no tumor determinam se o paciente de desenvolver metástases e, em caso afirmativo, usar essas informações para direcioná-lo a terapias preventivas”, garante Pier Giuseppe Pelicci.

Andréa Fassina, da redação do Só Notícia Boa – Com informações do Instituto Europeu de Oncologia e Pozitizie