Paulo Gustavo: marido agradece a artistas que estão doando sangue

Artistas doando sangue para Paulo Gustavo - Fotos: reprodução / Instagram
Artistas doando sangue para Paulo Gustavo - Fotos: reprodução / Instagram

VEJA ATUALIZAÇÃO DO QUADRO CLÍNICO ABAIXO. O banco de sangue Serum, no Rio de Janeiro, já recebeu “mais de 200 bolsas de sangue” em nome do ator Paulo Gustavo, informou o marido dele, Thales Bretas no Instagram.

Neste fim de semana, Thales Bretas, fez posts nos stories agradecendo às doações de famosos e anônimos. Entre os que doaram estão a amiga e atriz a Claudia Raia e o marido dela, Jarbas Homem de Melo. Eles fizeram a doação no Banco de Sangue de São Paulo, na última sexta-feira, 9.

“Sangue da Claudia Raia certamente purpurinado e iluminado como ela! E do seu amor, Jarbas Homem de Mello. Muito bom sentir tanto amor”, escreveu Thales.

E Cláudia incentivou os seguidores a doarem sangue também: “Isso é muito importante, vocês não fazem ideia. A cada doação de sangue, a gente ajuda quatro pessoas”, disse. “Nessa ação, pequena ação que não custa nada e não dói nada, em 15 minutinhos você consegue fazer isso e ajudar tanta gente que precisa, principalmente nesse momento de covid”, escreveu.

Em outro post nos stories, Thales também agradeceu à atriz Monique Alfradique e ao namorado dela Gabriel Drummond, outro casal que compareceu para doar sangue a Paulo Gustavo.

Atualização do quadro clínico

Paulo Gustavo, de 42 anos, está internado no Rio de Janeiro, em decorrência da Covid-19, desde o dia 13 de março. Neste domingo, Thales Bretas fez o post abaixo no Instagram dizendo que o quadro clínico de Paulo Gustavao “está difícil”.

“O quadro clínico do meu amor @paulogustavo31 está difícil, mas para ele nada é impossível, e nem pra Ele, nosso Deus, e essa dupla poderosa vai trazer ele de volta pra casa. Segue informe oficial:
COMUNICADO
Internado desde 13 de Março, no Rio de Janeiro, com quadro de COVID-19, Paulo Gustavo segue em terapia intensiva e apresenta sinais de gravidade.
As diversas complicações pulmonares já demandaram procedimentos invasivos como broncoscopias, pleuroscopias e colocação de dispositivos intrapulmonares.
Hoje, a equipe médica esclarece que:
“Às fístulas bronco-pleurais identificadas e tratadas somaram-se a complicações hemorrágicas, mas que vêm respondendo, de certa forma satisfatória, à reposição dos fatores da coagulação deficitários.
A situação clínica do paciente é crítica e todos os profissionais têm se empenhado incessantemente pela sua recuperação.
Todos os equipamentos necessários para o suporte da vida, como a ventilação mecânica e a ECMO continuam sendo necessários.”
A família do ator agradece todo o carinho e orações e pede que continuem a enviar boas energias para a recuperação de todos os que se encontram na luta contra o vírus.
Sigamos com fé e pensamento positivo porque Paulo é muito guerreiro e Deus está do nosso lado! Amém”, concluiu.

ECMO

Paulo Gustavo faz uso de ECMO (sigla para o termo “Oxigenação por membrana extracorporal”) para melhorar sua função pulmonar.

O ECMO, que realiza uma espécie de respiração extracorpórea, pode comprometer a pleura dos pacientes ou ocasionar fístulas bronco-pleurais, justificando a necessidade da pleuroscopia (veja abaixo), ainda que seja um procedimento invasivo.

Cláudia Raia e o marido doando sangue para Paulo Gustavo - Fotos: reprodução / Instagram
Cláudia Raia e o marido doando sangue para Paulo Gustavo – Fotos: reprodução / Instagram
Foto: reprodução / Instagram
Foto: reprodução / Instagram
Foto: reprodução / Instagram
Foto: reprodução / Instagram

Por Rinaldo de Oliveira, da redação do Só Notícia Boa – com informações do Catraca