EUA vão doar 80 milhões de doses de vacinas a outros países

2456
Presidente Joe Biden anuncia doação de 80 milhões de doses de vacinas excedentes - Foto: Getty Images
Presidente Joe Biden anuncia doação de 80 milhões de doses de vacinas excedentes - Foto: Getty Images

Os Estados Unidos vão doar 80 milhões de doses excedentes das vacinas da Moderna, Pfizer, Johnson & Johnson e AstraZeneca para países necessitados nos próximos dois meses.

O anúncio foi feito presidente norte-americano, Joe Biden, nesta segunda-feira, 17. Biden sabe que não basta imunizar apenas a população dos Estados Unidos.

“Os EUA nunca estarão totalmente seguros até que a pandemia esteja sob controle globalmente. Nenhum oceano é largo o suficiente, nenhum muro é alto o suficiente para nos manter seguros […] Doença e morte fora de controle em outros países pode desestabilizá-los e nos passar risco também”, afirmou.

Como

Biden disse que os EUA vão atuar junto com o consórcio Covax, da OMS, e outros parceiros para distribuir as doses de maneira igualitária por todo o mundo.

Ele informou que vai mandar mais 20 milhões dessas doses de vacinas contra Covid-19 a outros países, além das 60 milhões de doses da AstraZeneca que já havia anunciado no começo deste mês. Ao todo, 80 milhões de imunizantes serão enviados até o fim do junho.

Até o momento, os EUA já mandaram doses da AstraZeneca ao Canadá e ao México.

Mais doses

E no futuro, Biden planeja doar mais doses: “Os Estados Unidos continuarão a doar o estoque excedente conforme esse estoque nos for entregue, mas isso não será o suficiente […] Pediremos a outras nações para partilharem o custo econômico desse esforço, mas isso nos ajudará a vencer a pandemia e nos deixará a capacidade de produção para nos preparar para a próxima crise”.

Nesta terça-feira, 18, quase 60% dos norte americanos já terão recebido ao menos uma dose da vacina. Isso derrubou os casos da doença em todos os 50 estados do país.

Por Rinaldo de Oliveira, da redação do Só Notícia Boa – com informações da CNN