CNN divulga vaquinha zika-câncer do Só Vaquinha Boa

Jornalista Márcio Gomes, da CNN, apresenta reportagem sobre o tratamento brasileira com zika vírus contra câncer cerebral infantil - Foto: reprodução / CNN
Jornalista Márcio Gomes, da CNN, apresenta reportagem sobre o tratamento brasileira com zika vírus contra câncer cerebral infantil - Foto: reprodução / CNN

A CNN Brasil exibiu uma reportagem nesta sexta-feira, 28, sobre o tratamento com zika vírus contra tumores cerebrais infantis e mostrou a campanha que o Só Vaquinha Boa está fazendo para arrecadar dinheiro para esta incrível descoberta brasileira.

O canal de notícias chamou de “terapia de inédita no mundo”, explicou o tratamento e entrevistou a dra. Mayana Zats, professora de genética titular da universidade de São Paulo, líder do estudo e a pesquisadora Carolini Kaid.

Mayana explicou que a descoberta aconteceu depois de viagens dela e da equipe para o nordeste, quando surgiram diversos casos de microcefalia em bebês da região. Lá a pesquisa constatou que o zika vírus “comia” os cérebros dos fetos sem afetar as mães.

“Nós coletamos amostras de gêmeos não idênticos, em que um teve a microcefalia e o outro não […] No laboratório, fizemos linhagens de células neuroprogenitoras e infectamos com vírus da zika. Vimos que, de fato, ele destruía mais as células dos bebês que tiveram microcefalia do que o dos irmãos que não tiveram.”

De vilão a aliado

O próximo passo foi descobrir que mesmo vilão zika virus é também um grande aliado para “comer” tumores cerebrais que atingem crianças, sem tocar nas células saudáveis vizinhas.

“Testes feitos por pesquisadores da Universidade de São Paulo (USP) revelaram que o zika vírus é capaz de matar células cancerígenas de tumores cerebrais. O procedimento se mostrou eficaz em cães com câncer no sistema nervoso central”, informou a CNN.

Agora os cientistas precisam de R$ 600 mil para desenvolver o tratamento para começarem “testes clínicos em humanos [e] dependem de recursos financeiros do Governo Federal. Porém, por causa da pandemia de Covid-19, a ajuda foi cancelada”, disse a matéria.

A CNN também explicou que os cientistas pretendem conseguir permissão para uso emergencial da terapia em pacientes que não respondem mais aos tratamentos convencionais, como o garotinho Fabrício de 7 anos, que desde os 2 anos luta contra um tumor cerebral e já passou por quatro cirurgias.

Ele foi mostrado na reportagem da CNN e os pais de Fabrício disseram que veem no estudo a única maneira de salvar a vida da criança porque “após quimioterapia e radioterapia o câncer volta”, disse a mãe dele, Alyne Santilha.

Só Vaquinha Boa

E a emissora de notícias mostrou a campanha online aberta pelo Só Vaquinha Boa para arrecadar os “R$ 600 mil necessários para que os estudos avancem”.

Nós agradecemos à CNN por ter enxergado a importância dessa descoberta brasileira e por ter divulgado a campanha, para que outras pessoas também se conscientizem que vidas poderão ser salvas assim que esse tratamento chegar aos hospitais brasileiros, crianças principalmente. E nós não podemos ficar de braços cruzados.

A vaquinha Zika câncer continua aberta e precisa da sua ajuda. Para colaborar clique aqui.

Assista a reportagem da CNN Brasil: