Moradores de pequena cidade percorrem 360 km só para doar sangue

425
Moradores e servidores da prefeitura participam do Projeto de Doação de Sangue - Foto: Divulgação
Moradores e servidores da prefeitura participam do Projeto de Doação de Sangue - Foto: Divulgação

Um grupo de 25 moradores, todos da pequena cidade de Pau D’Arco, em Tocantins, percorreu aproximadamente 360 quilômetros só para doar sangue e ajudar um hemocentro da cidade vizinha.

O Hemocentro Regional de Araguaína anunciou que está com os estoques em níveis críticos por falta de doadores, então o grupo abraçou a causa e resolveu ajudar.

No último sábado (28), os moradores de Pau D’Arco embarcaram em veículos da prefeitura da cidade e se deslocaram até o hemocentro, em um percurso de mais de 360 km, ida e volta.

“A comunidade está empenhada com a Secretaria de Saúde em ajudar o Hemocentro a reforçar o estoque de bolsas de sangue. A gente pensa em quantas pessoas e crianças já tiveram cirurgias adiadas por falta de bolsas de sangue. Doar é um gesto solidário e de amor”, disse Antônio Burjack, motorista.

Quem pode doar

Mesmo com a mobilização, o hemocentro ainda está com estoques baixos e aguarda novos doadores.

A pessoa interessada em doar sangue deve:

  • ter entre 16 e 69 anos e mais de 50 quilos
  • estar em bom estado de saúde
  • manter uma boa alimentação, evitando alimentos gordurosos, nas 4 horas que antecedem a doação.
  • No ato da doação é necessário também apresentar documento original com foto
  • Os menores de 18 anos precisam de autorização dos responsáveis.

Sebastião Alves, secretário municipal de Saúde, disse que o plano da prefeitura era realizar a ação todos os meses.

Ele também torce para que a movimentação sirva de exemplo para incentivar a doação de sangue.

A iniciativa partiu da Secretaria Municipal de Saúde através do projeto ‘Irmãos de Sangue’.

A ação deve acontecer uma vez ao mês. - Foto: Divulgação
A ação deve acontecer uma vez ao mês. – Foto: Divulgação

Com informações de AF Notícias