Panasonic reduz jornada para 4 dias de trabalho no Japão

-
Por Rinaldo de Oliveira
Compartilhar
Imagem de capa para Panasonic reduz jornada para 4 dias de trabalho no Japão
A Panasonic vai reduzir a jornada para 4 dias de trabalho por semana para reduzir custos, aumentar a produtividade e a felicidade dos funcionários - Foto: FOTO: THIRDMAN / PEXELS

A indústria Panasonic anunciou que vai reduzir a jornada de trabalho para 4 dias por semana. A ideia é se somar à nova tendência global para que seus funcionários trabalhem 4 dias por semana e descansem 3.

A decisão de dar mais um dia de folga aos empregados vem de recomendação do governo japonês, que defende a redução da carga horária de trabalho para gerar aumento de produção, redução nos custos das empresas e melhorar a economia.

Com a recomendação, o governo japonês espera que os funcionários dediquem mais tempo ao lazer, família, capacitação continuada e possam consumir mais, desfrutando de serviços e produtos. Isso vai refletir na felicidade deles.

Saúde e felicidade

Segundo a Panasonic conceder mais um dia de folga durante a semana, além de atrair novos talentos, será uma forma de melhorar também a saúde laboral dos trabalhadores.

“Nós queremos apoiar o bem-estar de nossos funcionários”, explicou o CEO da Panasonic, Yuki Kusumi, em comunicado aos investidores da companhia de eletroeletrônicos.

A Panasonic pretende dar aos trabalhadores mais tempo para que sigam seus interesses pessoais e sejam mais felizes, quer seja em trabalho voluntário, um trabalho paralelo, ou simplesmente gastando o seu tempo com assuntos pessoais.

De acordo com dados do Ministério da Saúde, Trabalho e Bem-estar do Japão, apenas 8% das empresas oferecem mais de dois dias de folga na semana.

Entre elas estão a Yahoo Japan e a Sompo Himawari Life Insurance que começaram a oferecer um terceiro dia de folga em 2017 para funcionários que precisam cuidar de seus filhos ou familiares idosos.

“Devemos apoiar o bem-estar de nossos funcionários”, disse o presidente e CEO do grupo Yahoo!, Yuki Kusumi.

Produtividade aumentou e custos caíram

Companhias que reduziram a jornada de trabalho constataram que houve aumento de produtividade, após adotarem a semana de quatro dias de trabalho.

Uma publicação da Universidade de Reading, revelou que 60% das empresas do Reino Unido que implementaram a medida tiveram crescimento de produtividade.

Outro beneficio é a redução no consumo de energia pelas empresas.

Ao adotar a recomendação, a Microsoft Japão economizou boa parte da energia elétrica com 90% do funcionários integrados à semana de quatro dias de trabalho.

A data para início da semana de 4 dias de trabalho na Panasonic do Japão ainda não foi divulgada.

Com informações do ElDiário