Padre de 41 anos realiza sonho de fazer Medicina: “desejo ajudar”

-
Por Karen Belém
Imagem de capa para Padre de 41 anos realiza sonho de fazer Medicina: “desejo ajudar”
Aprovado no Enem, o padre Raimundo Nonato está de mudança de Teresina para Campinas, em São Paulo, para iniciar o curso de Medicina. - Foto: reprodução/Felícia Araújo

Vocação dupla! O padre Raimundo Nonato do Rego Neto fez o Enem, passou no vestibular para Medicina, e agora vai realizar um sonho antigo: ser médico. Aos 41 anos, ele voltou à sala de aula e, com muita determinação, alcançou a aprovação.

Agora ele se despede de Teresina e se muda para Campinas, em São Paulo, para começar a faculdade. Quando formado, entrará para a história como o primeiro médico-padre do Piauí.

“Sempre ficou dentro de mim aquele desejo de um dia ser também médico”, contou. Até lá, o padre vai morar em um alojamento católico enquanto estuda, ainda vai poder ajudar na paróquia da cidade aos finais de semana e celebrar a missa.

Quer ser psiquiatra

O padre contou sobre a área que pretende se especializar: psiquiatria.

Isso porque ele fazia acolhimento de muitas pessoas com síndrome de pânico, depressão, com ideias de suicídio e outros problemas de saúde mental.

O desejo de fazer o curso crescia ainda mais ao ajudar pessoas nessas situações.

Mas, segundo ele, a pediatria também é outra opção.

Ler mais notícia boa

Decidiu depois de Roma

Foi depois que fez um curso de exorcismo em Roma que o Padre decidiu estudar para Medicina.

Todos os mestres, catedráticos e padres que conheceu eram doutores, PhD e pesquisadores em medicina e isso abriu a mente dele.

“Eu vi que havia possibilidade e comecei a pesquisar e vi que no Brasil sempre teve dentro da igreja a área médica”, contou o padre.

Igreja e estudos

A rotina para conseguir a vaga não foi nada fácil. Ele teve que dividir o tempo entre a igreja e a escola.
“Às vezes ia fazer minha pregação e eu escrevia a redação, que já era a pregação”, contou.

O padre assistia às aulas das 7h às 12h30 em um colégio particular.

Ainda estudava aproximadamente 3 a 4 horas por dia, geralmente durante a madrugada, e chegou a contratar uma professora de redação.

Com o exemplo, ele incentiva os brasileiros a não pararem de estudar. “Com estudo você vai onde quiser. Abre novos horizontes e meu desejo é ajudar”, concluiu.

A despedida do padre Raimundo Nonato foi marcada por muito emoção. Ele é querido entre jovens e idosos da paróquia de Teresina.

Raimundo conquistou a vaga conciliando os deveres religiosos com os estudos. - Foto: reprodução/Felícia Araújo

O padre Raimundo conquistou a vaga conciliando os deveres religiosos com os estudos. – Foto: reprodução/Felícia Araújo

A despedida do padre foi marcada por muito emoção, afinal, ele é querido entre jovens e idosos. - Foto: reprodução/arquivo pessoal

A despedida do padre foi marcada por muito emoção. Ele é querido entre jovens e idosos. – Foto: reprodução/arquivo pessoal

Com informações de Cidade Verde.