Menino que devolveu R$ 1,6 mil ganha bolsa integral

4932
|
|

Fotos: divulgação/ ColégioMadreCarmenSallés
Por Rinaldo de Oliveira, da redação do SóNotíciaBoa

O bem “é vai e vem”!
Lembra do caso do estudante Lucas, que no mês passado encontrou R$ 1,6 mil no lixo e procurou o dono para devolver?
O caso aconteceu quando ele ia para o Centro de Ensino Fundamental 312 de Samambaia, a 30 km de Brasília. Releia aqui.
O aluno de 16 anos acabou de ganhar um prêmio do tamanho da boa ação que fez.
O Colégio Madre Carmen Sallés, da 604 Norte, em Brasília, ofereceu uma bolsa de estudo integral para Lucas Yuri Bezerra fazer todo o ensino médio na instituição. O pais do adolescente estão desempregados.
A direção da escola – que trabalha com uma pedagogia preventiva, voltada à valorização da vida humana – disse ao SóNotíciaBoa que ofereceu a bolsa porque ficou encantada com a honestidade do menino, que teve a mesma atitude ensinada aos estudantes da instituição. 

“Do aluno concepcionista só se esperam atitudes de retidão e solidariedade. Santa Carmen dizia que o aluno concepcionista deve ser reconhecido na sociedade por esses valores”, diz a direção do colégio.

Bolsa dupla
Sabendo da condição dos pais o colégio também ofereceu bolsa gratuita à irmã de Lucas.
A partir do ano que vem os dois vão estudar de graça no Carmem Sallés.


“Nossa ideia é entregar o Lucas e sua irmã para a UnB em 2019, através da aprovação no PAS”, disse o professor de artes cênicas Hugo Veiga – (foto abaixo, de barba) – em entrevista ao SóNotíciaBoa.

O colégio teve ensino médio reestruturado para que o aluno saia pronto para fazer o PAS, sem precisar fazer cursinho.

Hugo, que foi aluno da escola e hoje dá aulas lá, foi quem sugeriu às irmãs concepcionistas que dessem a bolsa ao rapaz, após ler a reportagem sobre a boa ação feita por Lucas. Elas aceitam prontamente.

 
Na escola

A família de Lucas esteve na escola na semana passada, aceitou e agradeceu a oferta.

“Conversando com o Lucas, menino tímido, bastante maduro pela idade que tem, percebemos uma riqueza interior incrível. Ele veio junto de sua mãe, conheceu o colégio, ficaram encantados e agradecidos pela oportunidade e por decisão dele,  resolveu terminar o 9º ano junto com os colegas na escola onde estuda atualmente. No próximo ano virá cursar o Ensino Médio conosco”, informou a escola em comunicado.

O colégio parabenizou o garoto pelo exemplo de honestidade e disse estar orgulhoso em ter o estudante no colégio a partir do ano que vem.

“Precisamos de cidadãos que cultivem esses valores: honestidade, solidariedade, respeito ao próximo e que sejam sinais de esperança em nossa sociedade”,

Jovem de fibra
Ao se despedir de Lucas o professor Hugo brincou com ele.
Disse: “Até mais! No ano que vem, vou ficar muito no seu pé e puxar a sua orelha!”

Depois de um tímido sorriso, o estudante respondeu “Não vou te dar essa oportunidade!”.
“Jovem de fibra que, ao que tudo indica, estuda arduamente e vai seguir um bom caminho”, comentou o professor.

Vale ressaltar aqui uma frase da fundadora do colégio, Santa Carmen: “Faça o bem de boa vontade, com alegria, sem buscar gratidão humana; o bem alcançará maiores proporções.”


Da redação do SóNotíciaBoa