Queijos de Minas são ouro, prata e bronze na França

2484
Foto: reprodução / Facebook / MondialFromage
Foto: reprodução / Facebook / MondialFromage

Minas Gerais representou bem o Brasil no último fim de semana em um evento internacional sobre queijos realizado na França, país famoso por seus queijos tradicionais.

Os queijos mineiros faturaram 1 medalha de ouro, 7 de prata e 3 de bronze no Mondial du Fromage, no Salão do Queijo de Tours, cidade francesa às margens dos rios Loire e Cher.

E olha que os produtos brasileiros concorreram com 700 queijos de 20 países.

“Estas conquistas confirmam a qualidade dos queijos mineiros e são um estímulo para quem apoia a produção e para os próprios produtores, pois demonstram que o queijo minas artesanal tem futuro próspero”.

Palavras de Roberto Simões, presidente da Federação da Agricultura do Estado de Minas Gerais (Faemg).

Veja quais foram os queijos de Minas premiados internacionalmente:

  • Super ouro: queijo araxá da fazenda Caxambu, da produtora Marli Leite
  • Prata: queijo canastra de Capela Velha; queijo do serro, com casca lavada da cooperativa do Serro, curado na França por Lafinarde; queijo do serro com casca ácaros, da cooperativa do Serro, curado na França por Lafinarde; queijo canastra do Vale da Gurita; queijo canastra produzido por Reinaldo de Faria Costa; queijo kankrej produzido por Túlio Madureira; e queijo santo casamenteiro, produzido por Queijos Cruzília
  • Bronze: queijo sabores do sítio, extra curado, produzido por Lúcia, do Campo das Vertentes; queijo gir, do produtor Túlio Madureira; e queijo alagoa grande, da Queijo d’Alagoa, produzido por Osvaldo Martins de Barros Filho

Com informações da Faemeg