500 ciclistas se reúnem para incentivar doação de sangue

918
Foto: Jair Amaral/EM/D.A Press|
Foto: Jair Amaral/EM/D.A Press|

Ciclistas de Belo Horizonte se uniram por duas boas causas: pedalar pela saúde e incentivar as pessoas a doarem sangue.

Cerca de 500 bikers participaram no último fim de semana de um passeio de 12 quilômetros pelas ruas da capital de Minas Gerais, com chuva e tudo.

A turma, formada por homens e mulheres de todas as idades, participou da campanha “Pratique doar sangue”.

“Nosso objetivo é formar uma corrente do bem”, afirmou Paula Coelho, gerente de projetos e negócios e uma das organizadoras.

“A doação feita por uma pessoa pode salvar quatro vidas. No Brasil temos 1,8% de doadores de sangue, sendo que a OMS recomenda 5% como um bom número para resolvermos o desafio da falta de hemocomponentes no país”, contou Paula.

História

O ponto inicial para a mobilização começou em junho, com um vídeo postado nas redes sociais para ajudar uma criança com câncer, no interior de Santa Catarina.

O projeto PratiqueDoarSangue começou a partir da iniciativa de alguns ciclistas de BH, que viram o projeto Pedalando pela Vida, ocorrido no Sul do Brasil e se emocionaram.

“[Doar] É algo muito rápido, feito em centros hemoterápicos, como Hemominas. Não dói, apenas ‘doe’”, disse Paula.

O PartiuDoarSangue é um projeto de computação (TI), explica Adriano César Machado Pereira, um dos sócios do projeto e CSO (Chief Cientist Officer) da startup de empreendedorismo social.

“Hoje o projeto tem pouco mais de 6.000 usuários cadastrados, sem dúvida excelente, mas ainda muito distante da ousada meta de 1 milhão de usuários, que precisamos para realmente solucionar com êxito esse desafio da falta de sangue e hemocomponentes no nosso país!”, conclui.

Foto: Jair Amaral/EM/D.A Press
Foto: Jair Amaral/EM/D.A Press

Por Rinaldo de Oliveira, da redação do SóNotíciaBoa – com informações do EM