Zeladora se forma com rodo na mão: dinheiro que pagou a faculdade

Erica comemora formatura - Fotos: Max FotografiaErica comemora formatura - Fotos: Max Fotografia

Uma zeladora de hospital, que se formou em Educação Física, fez questão de lembrar com orgulho de onde veio o dinheiro para pagar a faculdade.

Erica Reis fez uma sessão de fotos com a beca, rodo na mão e o material de limpeza usado no dia a dia do trabalho.

Ela é zeladora há 5 anos do Hospital Municipal de Jaru, em Rondônia e foi trabalhando lá que conseguiu concluir os estudos.

Além do trabalho, Erica é conhecida por pacientes e funcionários da Unidade Hospitalar pela alegria que transmite. Ela gosta de cantar o tempo todo enquanto trabalha. (vídeo abaixo)

Presente

Há dois meses o fotógrafo Max Fotografia viu Erica cantando enquanto trabalhava no hospital e fez um vídeo, que bombou no Facebook com mais de 60 mil visualizações.

“Muitas vezes chegamos em algum local público ou privado e não somos bem atendidos, mas essa Funcionária do Hospital Municipal de Jaru (Erica) dá uma verdadeira lição de que independente (sic) da função, todo trabalho é digno e deve ser feito com amor e dedicação”, escreveu Max no post.

Sensibilizado com a história de superação da zeladora, Max decidiu dar um book fotográfico de presente para ela.

As fotos foram postadas na semana passada no Facebook do fotógrafo:

“Erica (a zeladora que canta) assim que ela gosta de ser chamada… se formou em Educação Física em setembro, pagando com o salário de zeladora!”

Max disse que Erica é uma pessoa maravilhosa e que deixa um exemplo a ser seguido.

Veja outras fotos:

zeladora-faculdade-3 zeladora-faculdade-2 zeladora-faculdade-4 zeladora-faculdade-5 zeladora-faculdade-6

zeladora-faculdade-8 zeladora-faculdade-9

Agora o vídeo de Erica cantando, que deu origem a amizade entre os dois:

Por Rinaldo de Oliveira – com informações do PortalDeRondônia e Facebook.

Espalhe notícia boa nas suas redes sociais. Siga o SNB no Facebook, TwitterInstagram e Youtube

O conteúdo do SóNotíciaBoa é protegido. Você pode reproduzi-lo, desde que insira créditos COM O LINK para o conteúdo original e não faça uso comercial de nossa produção.