Jovens indígenas passam em 1º lugar na Universidade de Brasília

Jakeline foi primeiro em ciências sociais e João em Medicina na UnB Foto: reproduçãoJakeline foi primeiro em ciências sociais e João em Medicina na UnB Foto: reprodução

Dois jovens indígenas passaram em primeiro lugar na UnB, Universidade de Brasília.

João Emanuel Lopes Pereira Basto é da Tribo Pankará da Serra do Arapuá, em Pernambuco e a estudante Jakeline Maria de Jesus Santos é da Tribo Pankararu, também de Pernambuco.

João Emanuel tem apenas 17 anos e passou em primeiro lugar para cursar medicina na UnB.

Os pais dele, o cacique Ary Pankará e a índia Luciete Pankará, estão entre as maiores lideranças indígenas da região. Eles permanecem distantes dos grandes centros e cada tribo goza de cultura própria.

O jovem disse que não será fácil sair de casa e se afastar um pouco de sua cultura mas que, com “forças dos encantos de luz”, vai conseguir concluir o curso e representar seu povo.

Jakeline

Já a estudante Jakeline Maria de Jesus Santos, de 25 anos também alcançou o primeiro lugar na Universidade de Brasília para o curso de ciências sociais.

Ela vem do povo Indígena Pankararu, que mora na Aldeia Brejo dos Padres, em Tacarutu, Pernambuco.

Jakeline é filha dos agricultores Maria Lúcia de Jesus e Arnaldo José dos Santos e trabalha como agente de saúde na sua aldeia, onde presta serviço a comunidade.

A jovem também é ligada às tradições e participa diretamente do ritual Pankararu.

Agora, ela quer concluir a universidade para ajudar ainda mais o seu povo.

Com informações do Correio do Brasil

Espalhe notícia boa nas suas redes sociais. Siga o SNB no Facebook, TwitterInstagram e Youtube

O conteúdo do SóNotíciaBoa é protegido. Você pode reproduzi-lo, desde que insira créditos COM O LINK para o conteúdo original e não faça uso comercial de nossa produção.