Taxa Selic é a mais baixa da história. Banco Central fez novo corte

Selic mais baixa da história - Foto: iStockSelic mais baixa da história - Foto: iStock

A Selic, a taxa básica de juros da economia brasileira, atingiu o patamar mais baixo da história nesta quarta, 5.

O Copom – Comitê de Política Monetária – do Banco Central reduziu a taxa em 0,25 ponto percentual.

O corte foi o quinto consecutivo e fez a Selic cair para 4,25% ao ano.

A Selic é usada como referência para todas as outras taxas de juros do mercado brasileiro e serve como instrumento de política monetária para controlar a inflação e estimular o consumo.

Com a Selic baixa, o crédito pode ficar mais barato, o que pode estimular compras e, assim, aquecer a economia.

Os cortes

A sequência de cortes para estimular a economia começou em julho do ano passado, após a taxa ficar estável em 6,5% ao ano durante 18 meses.

Mas o Copom sinaliza que o ciclo de ajustes se encerra neste corte de 4,25% ao ano.

“Considerando os efeitos defasados do ciclo de afrouxamento iniciado em julho de 2019, o Comitê vê como adequada a interrupção do processo de flexibilização monetária. O Comitê enfatiza que seus próximos passos continuarão dependendo da evolução da atividade econômica, do balanço de riscos e das projeções e expectativas de inflação, com peso crescente para o ano-calendário de 2021″, diz a nota do Copom.

Apostas

O mercado financeiro já apostava nesse novo corte na taxa de juros por causa da lenta retomada da economia em 2019.

A aposta ficou ainda mais forte após a divulgação na terça-feira dos dados da indústria no ano passado: o setor apresentou queda de 1,1%, após dois anos de alta.

Resta torcer para os bancos seguirem a tendência de queda e reduzirem também os juros do cheque especial e do cartão de crédito.

Com informações da Veja 

Espalhe notícia boa nas suas redes sociais. Siga o SNB no Facebook, TwitterInstagram e Youtube

O conteúdo do SóNotíciaBoa é protegido. Você pode reproduzi-lo, desde que insira créditos COM O LINK para o conteúdo original e não faça uso comercial de nossa produção.