Suíça projeta bandeiras de países em montanha mais alta: covid

Foto: Zermatt Matterhorn
Foto: Zermatt Matterhorn

A Suíça usou bandeiras para fazer uma homenagem aos países que estão sofrendo com a pandemia de coronavírus.

Os suíços fizeram projeções em uma das montanhas mais altas do país para pedir solidariedade e união.

O artista Gerry Hofstetter foi contratado para iluminar a famosa montanha Matterhorn, em Zermatt, com projeções das bandeiras dos países mais atingidos pelo coronavírus.

Todas noites desde 24 de março, o Matterhorn exibe a bandeira da França, EUA, Índia, Japão, Alemanha, Reino Unido, Portugal, Espanha e muitos outros.

“Com essa projeção leve, Zermatt deseja dar às pessoas um sinal de esperança e solidariedade nesses tempos difíceis”, diz o site de turismo de Zermatt Matterhorn .

“A vila mostra solidariedade com todas as pessoas que estão sofrendo e agradece a todos que estão ajudando a superar a crise.”

Os norte-americanos ficaram comovidos com o gesto depois que o site de Zermatt publicou uma foto com a bandeira norte-americana na montanha de 14.690 pés de altura com uma legenda:

“Atualmente, os EUA são o país que mais impactado pela crise do COVID-19 com o maior número de casos confirmados. Nossos pensamentos estão com todo o povo americano neste momento sem precedentes.

“Que nossa mensagem transmita solidariedade e lhe dê esperança e força”, diz a mensagem.

“Estamos ansiosos para nos encontrar novamente aos pés do Matterhorn. Estamos todos juntos nisso.”

Para ver outras fotos das exibições, ou assistir às transmissões ao vivo, clique aqui no site da Zermatt Matterhorn.

Com informações do GNN

Espalhe notícia boa nas suas redes sociais. Siga o SNB no: