Jovem autista viraliza com carta de apresentação manuscrita no LinkedIn

A carta de Ryan lhe rendeu convites de empresas como Microsoft e Dell. - Foto: reprodução LinkedIn
A carta de Ryan lhe rendeu convites de empresas como Microsoft e Dell. - Foto: reprodução LinkedIn

Há quem diga que carta de apresentação saiu de moda e não é tão importante hoje em dia. Só que para um jovem autista de 20 anos, ela se tornou o documento mais sincero e precioso na busca de um emprego.

Foi por causa de uma carta manuscrita e totalmente espontânea, que Ryan Lowery se tornou viral. O post dele atraiu mais de sete milhões de visualizações no LinkedIn.

A carta chamou a atenção porque é um apelo para que alguém dê uma chance para ele. E também pela letra linda que ele tem.

Por ser autista, Ryan tem algumas peculiaridades, mas isso não significa que ele não possa se destacar, especialmente devido aos seus pontos fortes. E foi exatamente isso que ele escreveu no documento.

Emprego e bolsa de estudo

Após a publicação, o jovem recebeu milhares de convites para entrevista e conta que está muito surpreso e feliz com o retorno.

A carta de apresentação rendeu ao Ryan mais de 2.000 novos contatos. Ele recebeu convites de multinacionais, como Microsoft, Amazon e Dell, para atuar na área de TI dessas organizações.

O jovem também ganhou uma bolsa de estudos na Exceptional Minds, uma escola sem fins lucrativos, prepara jovens com autismo para carreiras em artes digitais.

Além disso, a organização agencia os alunos por meio de um programa de treinamento que atende às necessidades de cada e os prepara para carreiras na área escolhida.

Lowry é formado desde 2019 pela Heritage High School na Virgínia, EUA. Atualmente, ele está matriculado no programa Community And Schools Together, um programa de pós-graduação da Escola Pública do Condado de Loudoun.

A carta 

Ryan começou a carta dizendo que tem um senso de humor único e que é bom em matemática. Também afirmou que é muito bom com tecnologia e aprende rapidamente as coisas.

“Estou interessado em um emprego em animação ou em TI”, escreveu o jovem. “Eu percebo que alguém como você terá que se arriscar comigo, pois eu não aprendo como as pessoas normais. Eu precisaria de um mentor para me ensinar, mas aprendo rapidamente, [e] uma vez que você explica, eu entendo tudo.”

O jovem segue sua apresentação de uma forma sincera, contanto suas expectativas com a oportunidade de emprego:

“Eu prometo que se você me contratar e me ensinar, você ficará feliz por ter feito isso. Vou aparecer todos os dias, fazer o que você me disser para fazer e trabalhar muito duro. Por favor, me diga se você gostaria de falar sobre isso comigo. Obrigado.”

Ryan escreveu uma carta de apresentação sincera e repleta de sentimentos. - Foto: reprodução LinkedIn
Ryan escreveu uma carta de apresentação sincera e repleta de sentimentos. – Foto: reprodução LinkedIn
Ryan ganhou uma bolsa de estudos para se especializar na área que mais gosta: TI. - Foto: reprodução LinkedIn
Ryan ganhou uma bolsa de estudos para se especializar na área que mais gosta: TI. – Foto: reprodução LinkedIn

Por Monique de Carvalho, da redação do Só Notícia Boa – Com informações de Sunny Skyz.