Médica arrecada R$ 2,5 milhões para comprar oxigênio para Índia

A médica conseguiu comprar oxigênio, insumos e EPIs para os médicos. - Foto: reprodução
A médica conseguiu comprar oxigênio, insumos e EPIs para os médicos. - Foto: reprodução

A meta era comprar 50 concentradores de oxigênio para a Índia, mas o que a jovem residente em medicina conseguiu, foi muito além disso.

Ruchika Talwar, de 28 anos, arrecadou US $ 500 mil – aproximadamente R$ 2,5 milhões – após enviar e-mails para apenas 30 amigos pedindo ajuda. Que corrente maravilhosa ela formou!

A jovem médica da Pensilvânia, nos Estados Unidos, não esperava tanta ajuda e disse que ainda tem muita gente enviando mensagens, querendo ajudar a causa.

Crise na Índia

Você provavelmente está acompanhando a crise que a Índia está enfrentando com os altos números de contaminações pela Covid-19.

Enquanto diversas outras nações se estabilizam, o país vem sofrendo com crises na economia e na saúde. Diversos países já enviaram insumos e doações, inclusive, para tentar amenizar o problema.

Desejo de ajudar

E foi acompanhando as notícias sobre a Índia que Ruchika decidiu fazer algo a respeito. Em maio, ela enviou e-mails para 30 amigos com um texto sobre solidariedade, falando o quanto o país estava sofrendo.

Ela pedia doações, sem determinar valores, para comprar 50 concentradores de oxigênio. Cada concentrador de grau médico custa US $ 500 (aproximadamente R$ 2,5 mil), segundo a médica.

O que Rachika não imaginava era que esse e-mail se espalharia entre os colegas de faculdades, amigos e familiares. Em apenas uma semana, a jovem arrecadou os US $ 500 mil.

Envio de insumos

Com o dinheiro arrecadado, Rachika conseguiu enviar os concentradores de oxigênio, suprimentos hospitalares e EPIs diretamente para hospitais públicos, que ela pesquisou pessoalmente.

“Pessoas estão morrendo, pessoas estão sofrendo. É preciso de pequenos grupos de pessoas para fazer uma mudança real”, disse a médica.

Talwar tem postado fotos do progresso no Instagram para que todos possam ver exatamente para onde o dinheiro está indo, quando está indo e como está chegando aos lugares que mais precisam desesperadamente deles.

O jovem Vitalik Buterin, cofundador da moeda digital Ethereum também fez uma doação generosa para a Índia. Ele enviou mais de US $ 1 bilhão para o fundo de socorro do país. Veja esta matéria no Só Notícia Boa!

Veja um vídeo da Rushika, mostrando a entrega dos concentradores.

 

View this post on Instagram

 

A post shared by Ruchika Talwar (@ruchiikatalwar)

Concentradores de oxigênio enviados pela médica - Foto: reprodução Instagram
Concentradores de oxigênio enviados pela médica – Foto: reprodução Instagram
Insumos para médicos - Foto: reprodução Instagram
Insumos para médicos – Foto: reprodução Instagram

.

Rachika. - Foto: reprodução Instagram
Rachika. – Foto: reprodução Instagram

Com informações de Optimist Daily