Petrúcio bate recorde paralímpico. Homem mais rápido do mundo

934
Petrúcio Ferreira bateu recorde paralímpico em Tóquio, o
Petrúcio Ferreira bateu recorde paralímpico em Tóquio, o "Bolt brasileiro” - Carmen Mandato / Getty Images

Petrúcio Ferreira bateu recorde paralímpico e se tornou o homem mais rápido do mundo na categoria. É o “Bolt brasileiro”.

Ele voou nas pistas e ganhou o bicampeonato! Medalha de ouro no Rio-2016, Petrúcio Ferreira repetiu a dose em Tóquio na categoria T47, para atletas com deficiências nos membros superiores.

Ele é dono das duas marcas a serem batidas, já que também cravou o menor tempo do mundo na prova: 10s53.

O brasileiro ficou a frente do polônes Michal Derus, 10s61, e de Júnior, 10s68.

Pedido de desculpas

Muito emocionado, o campeão olímpico se desculpou com o técnico dele.

“Fiquei muito feliz porque, em um momento difícil, eu tive uma pequena discussão com o meu treinador e peço desculpas a ele. Eu perguntei a ele ‘você confia em mim?’ e ele disse ‘eu não confio 100%, eu confio 200%’. Usei a cabeça professor, muito obrigado”, comemorou Petrúcio.

Esta foi a quarta medalha de Petrúcio que, além dos dois ouros, tem duas pratas: nos 400m T47 e no revezamento 4x100m T42-47, também nos Jogos do Brasil.

Vai Brasil! Que orgulho!

Com informações do Metrópoles