Ômicron: 3 doses da BioNTech e Pfizer neutralizam a variante

-
Por Jéssica Souza
Compartilhar
Imagem de capa para Ômicron: 3 doses da BioNTech e Pfizer neutralizam a variante
3 doses das vacinas da BioNTech e Pfizer neutralizam a variante ômicron - Foto: Freepik

Viva a ciência! Após estudos preliminares, as fabricantes BioNTech e Pfizer afirmaram que três doses da vacina delas contra a Covid neutralizam em 25 vezes a variante ômicron.

As empresas também informaram que estão monitorando de perto a efetividade da vacina no mundo real contra a variante que tem se espalhado pelo mundo e preocupado as autoridades de saúde.

Três doses neutralizam e duas doses ainda protegem contra casos graves

As fabricantes explicaram também que duas doses da vacina resultaram em anticorpos significantes, porém baixos. Já com a terceira dose, o número de anticorpos aumenta em 25 vezes.

“Embora duas doses da vacina ainda possam oferecer proteção contra forma grave causada pela cepa ômicron, a partir desses dados preliminares está claro que a proteção é melhorada com uma terceira dose”, disse Albert Bourla, presidente e CEO da Pfizer.

Vacina para a nova variante até março de 2022

Outra boa notícia é que as fabricantes continuarão com os testes e estudos e podem entregar até março de 2022 uma vacina adaptada para a nova variante.

Sobre a ômicron

No dia 26 de novembro, a ômicron foi classificada como uma nova variante.

Descoberta na África do Sul, a nova variante já foi detectada em cerca de 40 países (incluindo o Brasil) e chama a atenção pela quantidade e pela variedade de mutações genéticas.

Por ora, ainda não se sabe ao certo o quanto a ômicron é mais transmissível.

Estudos buscam entender mais aspectos da variante e os resultados devem ser divulgados ainda este mês.

Com informações de Notícia Uol