Alergia a cães? Pesquisadores do Japão descobrem chave para a cura

-
Por Monique de Carvalho
Compartilhar
Imagem de capa para Alergia a cães? Pesquisadores do Japão descobrem chave para a cura
Alergia a cães: pesquisadores descobriram uma proteína capaz de bloquear alérgenos no corpo humano - Foto: Getty Image

Você conhece alguém que tem alergia a cães? Apesar de ser uma situação comum, poucas pesquisas ao longo dos anos foram feitas para tentar entender esse quadro. Só que agora, pesquisadores da Universidade de Osaka, no Japão, descobriram os diferentes tipos de alergias caninas e também uma maneira de curá-las.

Takashi Inui, especialista em pesquisa de alergia e professor da universidade, contou que a equipe descobriu sete alérgenos canis. No entanto, um deles é responsável pela maioria das alergias.

De acordo com o professor, o alérgeno é encontrado no tecido da língua dos cães, nas glândulas salivares e na pele.

A pesquisa

A partir de uma tecnologia que utiliza raio-x, a equipe de Takashi determinou a estrutura da proteína “Can f 1” como um todo. Foi, inclusive, uma descoberta única em toda a história da Ciência, garantem.

A partir de então, eles descobriram o padrão de desdobramento da proteína e como ela se comportava no organismo humano.

Takashi explicou que a proteína deixa “resíduos”, o que facilita o rastreio da alergia e a criação de uma vacina para combatê-la

Tratamento

Além de pesquisar os alérgenos, os cientistas ainda estudaram os chamados epítopos, que são as partes específicas, capazes de gerar antígenos, substância essencial em toda vacina.

“Queremos ser capazes de apresentar pequenas doses desses epítopos ao sistema imunológico para treiná-lo para lidar com eles, semelhante ao princípio por trás de qualquer vacina”, disse Takashi.

A produção de uma ‘vacina hipoalergênica’ pelo uso de tais epítopos não seria apenas a primeira no mundo em relação a alergias a cães, mas é rara em relação a qualquer reação alérgica.

Além disso, se o trabalho dos pesquisadores for realmente usado para desenvolver uma vacina contra alergia a cães, os princípios por trás dela poderiam ser usados ​​muito mais amplamente contra vários tipos de alergias.

Toda a pesquisa está publicada na revista da Federação das Sociedades Bioquímicas Europeias.

Com informações de GNN