Idosa de 71 anos realiza sonho de ir à escola pela primeira vez

-
Por Monique de Carvalho
Compartilhar
Imagem de capa para Idosa de 71 anos realiza sonho de ir à escola pela primeira vez
,Dona Calu resolveu começar a estudar aos 71 anos em Teresina — Foto: Layza Mourão

A Calorinda Rosa de Mesquita Silva, de 71 anos, tinha um sonho antigo e, somente agora em 2022, pela primeira vez, pôde realizá-lo: aprender a ler e escrever.

Ela nunca foi à escola. Dona Calu, como é conhecida em Alto Longá, interior de Teresina, ajudava a mãe a cuidar da casa e do irmão quando tinha apenas 8 anos. Depois disso, ela começou a trabalhar, casou-se e o sonho da alfabetização foi ficando adormecido.

“Eu tinha vontade, mas sempre deixei para as meninas que vinham morar aqui para que elas estudassem e eu ficava sem estudar. Passaram algumas meninas por aqui, e algumas até se formaram. Teve a Valdirene, uma moça que veio aqui, e também meu sobrinho Celso, que veio pra cá com 13 anos para estudar” explicou ela.

E foi com o apoio da família que a idosa entrou em uma sala de aula, emocionada, pela primeira vez.

“Todo mundo da minha família me apoiou e me apoia a estudar. Ninguém foi contra. Todo mundo ficou sorrindo, e até o meu menino se matriculou também, só que ele não ouve bem e não concluiu os estudos” explicou.

Nova realidade

Dona Calu lembra que sempre cuidou da casa e dos filhos com muito gosto. Só que a vontade de aprender a ler e escrever sempre estava dentro dela.

Foi a filha da idosa, Maria de Deus, quem incentivou a mãe a encarar o desafio e uma nova realidade.

Maria é coordenadora do projeto de alfabetização de adultos e o apresentou para a mãe, que logo aceitou e ficou feliz com a ideia de se alfabetizar.

Segundo a filha, a garra da mãe serve de inspiração, e é gratificante observar o interesse da idosa em buscar aprender.

“Para mim assim, é uma coisa gratificante, porque minha mãe sempre foi muito esforçada. Ela sempre foi um espelho para gente. Ela formou dois filhos sempre com muito esforço, então pra gente é uma coisa muito importante. Ela tá vivendo em prol de cuidar do meu irmão que deu derrame, e assim mesmo arranja tempo para estudar e ela tá muito interessada. Já disse que vai se formar”, explicou.

Vai sozinha para escola

E independente como sempre foi, dona Calu conta feliz que vai sozinha, todos os dias, para a escola.

Ela está matriculada na Unidade Escolar Tomaz de Area Leão Filho, localizada no bairro Três Andares, Zona Sul de Teresina. Todos os dias, ela pega o ônibus e se percorre o caminho com muita alegria.

Ela contou animada sobre as primeiras experiências em sala de aula, onde a sua neta, Jéssica Marcelle é uma das professoras da turma.

Maria de Deus explica que o objetivo do projeto é incentivar a alfabetização de jovens e adultos. Ainda segundo ela, a expectativa é de que sejam alfabetizadas 200 mil pessoas através do projeto durante o ano de 2022.

Idosa mostra orgulhosa o material escolar - Foto: Layza Mourão

Idosa mostra orgulhosa o material escolar – Foto: Layza Mourão

Com informações de Coisas de Itupeva