Nelson Piquet é condenado a pagar R$ 5 milhões a Lewis Hamilton por racismo e homofobia

-
Por Vitor Guerra
Imagem de capa para Nelson Piquet é condenado a pagar R$ 5 milhões a Lewis Hamilton por racismo e homofobia
As falas homofóbicas e racistas de Nelson Piquet contra Lewis Hamilton, levaram o ex-piloto a ser condenado pela justiça. Foto: Reprodução/Metrópoles e Playoffs.

O ex-piloto de Fórmula 1, Nelson Piquet, teve recurso negado pela justiça e foi condenado a pagar R$ 5 milhões ao piloto Lewis Hamilton por falas racistas e homofóbicas contra o britânico. As declarações foram dadas em 2021.

Durante uma entrevista, o ex-piloto se referiu a Hamilton como “neguinho” e disse que ele “estava dando mais c*”.

“Esta ofensa é intolerável. Mas ainda quando se considera que a projeção é dada quando é uma pessoa tão reconhecida e tão admirada como o réu”, disse o juiz Pedro Matos de Arruda.

A condenação

A decisão foi publicada na última quinta-feira (1°) e agora cabe a Nelson pagar a ação.

A juíza de Direito Thaissa de Moura Guimarães, da 20ª vara Cível de Brasília (DF) disse que a sentença explanou todos os pontos alegados, o que refuta a defesa de Nelson, que alegava omissão.

Hamilton não vai ficar com o dinheiro. O valor da condenação será destinado a fundos de igualdade racial e contra a comunidade LGBTQIA+.

Dano moral coletivo

A justiça também garantiu o dano moral coletivo, entendo que houve ofensas graves à sociedade.

O juiz Pedro Matos de Arruda disse que relacionar a performance do piloto britânico – que na época ia mal nas pistas – a sexualidade foi homofobia.

“Quando o réu afirmou que o piloto era gay estava performando mal porque estava se relacionando sexualmente, ele ataca a comunidade gay, não apenas o indivíduo, o que associou a todo um grupo uma característica negativa: a incompetência”, disse a decisão.

Leia mais notícias boas

A ação

Na época, a ação foi ajuizada por um conjunto de entidades de proteção aos direitos humanos e de direitos da população LGBTQIA+.

A briga nos tribunais se arrastou com Piquet tentando recursos, mas foi derrotado e agora terá de pagar o valor.

Por que R$ 5 milhões?

O valor de R$ 5 milhões foi estipulado com base na doação que Nelson Piquet fez para a campanha do candidato derrotado Jair Bolsonaro.

R$ 500 mil reais foi o valor doado pelo piloto, mas segundo a lei eleitoral essas contribuições são limitadas a 10% dos rendimentos brutos do doador no ano anterior.

“Nada mais justo que ficar a quantidade de R$ 5 milhões – que é o valor mínimo de sua renda bruta anual – para auxiliar o país a se desenvolver como nação e para estimular a mais rápida expurgação de atos discriminatórios”, disse o juiz.

Resposta de Hamilton

Na época das declarações, ainda em 2021, Lewis Hamilton se manifestou no Twitter.

“É mais do que linguagem. Essas são mentalidades arcaicas que precisam mudar e não tem lugar no nosso esporte. Eu fui cercado por essas atitudes e fui alvo delas minha vida toda. Houve muito tempo para aprender. Chegou a hora da ação”, afirmou o piloto britânico.

Lewis ainda pediu foco para mudar a mentalidade e depois ironizou curtindo o Twitter de um internauta que disse não conhecer Nelson Piquet.

Nelson Piquet não se manifestou após ser condenado pelos crimes cometidos contra Lewis Hamilton.

Racismo e homofobia são crimes. Isso não é questão de opinião!

Racistas não passarão!

Lewis Hamilton, além de ser um ótimo piloto, também é famoso por sempre se posicionar em defesa das minorias. Foto: Reprodução/Mercedes.

Lewis Hamilton, além de ser um ótimo piloto, também é famoso por sempre se posicionar em defesa das minorias. – Foto: Reprodução/Mercedes.Mercedes.

Com informações de Lance