Chuva do cometa Halley terá até 30 estrelas cadentes por hora

4005
Os meteoros orionídeos são rastros do cometa Halley e devem ser vistos no Brasil Foto: Marc Sendra Martorell
Os meteoros orionídeos são rastros do cometa Halley e devem ser vistos no Brasil Foto: Marc Sendra Martorell

A chuva de estrelas cadentes dos rastros do cometa Halley vem aí para iluminar ainda mais o mês de outubro e poderá ser vista no Brasil.

A Lua estará em Touro, e as melhores chances de observação serão em locais afastados das grandes cidades. Você poderá ver as estrelas cadentes sem a necessidade de um telescópio ou binóculo.

A média de estrelas cadentes será de 10 a 30 por hora.

E as horas que antecedem amanhecer são quando, “a Terra encontra a parte mais densa do fluxo de detritos de Halley”, explica a NASA .

Os meteoros orionídeos serão visíveis em todo o Brasil na direção leste, a partir de 22h do próximo dia 21, uma quinta-feira.

Cometa Halley

As chuvas de meteoros são causadas por cometas – pedaços de sujeira e gelo que orbitam nosso Sol, deixando para trás uma trilha de incontáveis ​​fragmentos minúsculos à medida que se desintegram lentamente com o tempo.

Os rastros de poeira cósmica do Cometa Halley disparam contra a atmosfera da Terra com velocidades superiores a sessenta quilômetros por segundo.

As chuvas de estrelas cadentes podem ser observadas em áreas com céu limpo e o mínimo possível de poluição luminosa, portanto, ficar longe de luzes fortes ajudará bastante.

Com informações do GNN