Spray nasal pode proteger contra variantes da Covid-19 por até 8 horas

1660
O spray nasal ainda precisa ser testado em humanos, mas há boas expectativas sobre os resultados - Foto: Pixabay
O spray nasal ainda precisa ser testado em humanos, mas há boas expectativas sobre os resultados - Foto: Pixabay

Que a gente terá que conviver com a Covid-19 a partir de agora é fato. Por isso, soluções incríveis são pensadas diariamente por cientistas do mundo inteiro. E, dessa vez, um spray nasal promete proteger contra todas as variantes do coronavírus por até 8 horas!

A invenção é de um grupo de pesquisadores da Universidade de Helsinque, na Finlândia. O spray promete ser eficaz, mas serve apenas como um tratamento preventivo complementar e não substitui a vacina, segundo os cientistas envolvidos no projeto.

A proteção oferecida pelo spray só é possível por causa de uma molécula utilizada na fabricação desse preventivo.

A TriSb92 foi desenvolvida pelos próprios pesquisadores e tem capacidade de inativar a proteína spike do vírus Sars-CoV-2, oferecendo proteção eficaz em curto prazo.

O estudo

Toda a pesquisa foi realizada nos laboratórios da faculdade finlandesa e os testes realizados até o momento são em animais. Em todas as análises, os resultados mostraram que a molécula protege contra a Covid-19.

“A TriSb92 gera proteção por pelo menos 8 horas, mesmo em casos de alto risco de exposição, e é eficaz imediatamente após sua administração”, escreveram os autores do estudo.

Eles explicaram que “a aplicação intranasal de uma dose modesta de TriSb92 (5 ou 50 microgramas) 8 horas antes da exposição ao Sars-CoV-2 protegeu eficientemente 1.351 camundongos da infecção”.

Futuras variantes

Se a preocupação com a eficácia do spray nasal é com o surgimento de novas variantes ao longo dos próximos anos, os cientistas garantem que não haverá problemas.

Eles explicaram que a eficácia da molécula contra todas as variantes atuais está relacionada ao direcionamento dela a um local estratégico da proteína spike, comum em todas as cepas. Por isso, o spray nasal também terá as ações inibidas pela TriSb92.

Fabricação e distribuição

Um dos cientistas envolvidos no projeto, o professor Kalle Saksela disse que a tecnologia para produzir o spray é barata e altamente fabricável, mas que ele não sabe quanto tempo pode levar até que o produto chegue ao mercado.

Além disso, é necessário realizar uma revisão da pesquisa e um aprofundamento da técnica para, posteriormente, o spray nasal ser testado em humanos. Somente após esse processo é que ele está liberado para fabricação e distribuição em massa.

Com informações de CorreioBraziliense